Open Nav

Educação financeira

A educação financeira é o conhecimento que permite o melhor controle entre despesas e receitas pessoais ou de uma empresa. É a partir dela que se aprende a investir no mercado financeiro, a fazer melhores escolhas na hora de contratar um empréstimo ou financiamento e a ter uma vida mais próspera.

Através da educação financeira, tem-se as ferramentas necessárias para usar o dinheiro com mais sabedoria, buscando formas de rentabilidade para incrementar as finanças e formar patrimônio.

Educação financeira familiar

É a raiz do controle do dinheiro e a possibilidade de oferecer um futuro com mais conforto para a família. Para crianças e adolescentes, pode ser o primeiro contato para aprender como cuidar das próprias finanças.

A educação financeira familiar se faz presente quando uma ou mais pessoas fazem o acompanhamento do uso do dinheiro dentro da economia doméstica, considerando os principais pontos:

Orçamento familiar: ele deve ser criado e atualizado pelo menos uma vez por mês, para que se tenha compreensão da entrada e saída de receita;

Análise dos gastos: observar quais grupos de despesas foram mais altos, gastos emergenciais e dívidas;

Definição de metas: estabelecer um teto de gastos entre as despesas supérfluas e ajustes para reduzir valores entre as despesas essenciais, caso necessário;

Reserva de emergência: separar um percentual do mês do orçamento da família para ter uma quantia que cubra despesas inesperadas, como problemas de saúde, manutenção de veículo ou imóvel e desemprego. O dinheiro da reserva pode ser investido em aplicações seguras e de alta liquidez para quando for necessário;

Planejamento financeiro: é importante definir planos para o curto, médio e longo prazo, já que será a recompensa pelo hábito adquirido com a educação financeira. Afinal, o objetivo é fazer melhor uso do dinheiro.

Educação financeira para empresas

A educação financeira se torna ainda mais importante quando se trata de gerenciar um negócio. Isso porque há tempo, dinheiro e mão de obra sendo investidos nesse projeto.

Um descuido pela má administração financeira para gerenciar despesas e receitas ou falta de capital de giro ante as sazonalidades ou crises pode colocar tudo a perder.

Os conceitos para educação financeira nas empresas são os mesmos que a familiar: controlar, poupar, planejar e investir.

Como Investir nos Melhores Fundos

Qual a importância da educação financeira?

Na prática, ela permite que você não seja escravo do seu dinheiro. A essência da educação financeira está na construção de hábitos de:

  • anotar os gastos;
  • pesquisar melhores preços e condições de pagamento;
  • evitar dívidas;
  • poupar;
  • planejar;
  • investir.

Se uma pessoa trabalha bastante e não sobra dinheiro para ela no mês, é porque está gastando mais do que poderia. Ainda que seja necessário fazer alguns cortes maiores, eles podem ser temporários para que esse dinheiro economizado seja usado de outra forma, como um novo curso para conseguir um emprego melhor ou uma promoção. Ou, ainda, na aquisição de materiais ou estrutura para ter uma fonte de renda extra, por exemplo.

Educação financeira e os investimentos

À medida que a relação com o dinheiro se aprimora, a educação financeira abre mais portas de como utilizá-lo, como aprender a investir. É o caso de conhecer quais as opções de aplicações em renda fixa, que são mais seguras, para que o investidor conheça a dinâmica do mercado e o retorno sobre o tempo de investimento.

Assim, a educação financeira permite que o investidor dê mais um passo em direção a aplicações com rentabilidade melhor, mas com um pouco mais de risco, como é o caso das ações na Bolsa de Valores.

Entre os produtos no mercado financeiro, há títulos, ações e ativos aplicados por meio fundos de investimentos que podem ter um comportamento diferente, com maior ou menor exposição a riscos. A educação financeira vai ser determinante para que o investidor faça escolhas de acordo com o seu perfil.

Canais de educação financeira

Diversos canais na internet disponibilizam um oceano de informações a respeito da educação financeira, tanto para controle de gastos pessoais, de empresas e de investimentos.

No entanto, é preciso considerar a credibilidade dos canais e a qualidade dos textos, vídeos, ebooks e cursos produzidos por especialistas no mercado. Da mesma forma, é importante não se deixar levar por promessas de altos ganhos no curto prazo e que não exijam mudanças de hábito do investidor.

Aqui mesmo no Mais Retorno, nós nos preocupamos em criar conteúdos de qualidade reconhecida em diversas plataformas, de forma que você nunca esteja desamparado. 

A educação financeira consiste em novos hábitos, conhecimento e estratégia para ver o dinheiro render mais do que apenas pagar contas.

Alguns livros sobre a educação financeira e a mentalidade em relação ao dinheiro que podem te ajudar a se aprimorar nessa questão são:

Mais Esperto que o Diabo (Napoleon Hill)

Pai Rico, Pai Pobre (Robert T. Kyiosaki e Sharon Lechter)

O Homem Mais Rico da Babilônia (George S. Clason)

Os Segredos da Mente Milionária (T. Harv Eke)

Como Investir nos Melhores Fundos

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão


Conheça também os termos relacionados