Última modificação em 11 de novembro de 2020

O que é Ajuste Diário?

O ajuste diário é caracterizado como uma medida protetiva que a Bolsa de Valores possui em relação às operações do mercado futuro.

Antes de falarmos sobre o ajuste em si, vamos esclarecer alguns pontos sobre o mercado futuro. 

Todas os ativos negociados nessa categoria são chamados de subjacentes. O mercado futuro leva esse nome porque a negociação é feita no presente, mas só é concretizada tempos depois.

Um bom exemplo é o mercado de soja futura, onde os investidores negociam valores e quantidades a serem adquiridas ou vendidas no futuro, com preços e taxas de juros de acordo com a data previamente estabelecida.

(Temos um artigo específico sobre o assunto, vale a pena dar uma olhada!)

Uma vez que esse conceito básico sobre mercado futuro esteja claro, podemos falar sobre o ajuste diário.

Como o Ajuste Diário funciona?

O ajuste diário é responsável por igualar a posição das operações de mercado futuro. É uma ação realizada pela própria B3, de maneira automática. Ou seja, o investidor não tem controle sobre esse ajuste.

No mercado de ações comuns, quando se investe determinada quantia, espera-se que ela tenha certa lucratividade dentro de um período de tempo predeterminado, certo? 

Por exemplo, você pode comprar uma ação a 10 reais com a intenção de detê-la por pelo menos uma semana. Durante esses 7 dias, espera-se que a ação renda até 5%. Se isso realmente acontecer, ou não, você irá resgatar o valor equivalente a rentabilidade obtida ao longo dessa semana.

No mercado futuro, as coisas são diferentes. A posição dos investidores é ajustada diariamente.

Isso significa que, o ativo que você comprar hoje a 10 reais com possibilidade de render até 5%, não será durante o período de uma semana. Você irá resgatar o valor de rentabilidade no mesmo dia, antes do ajuste acontecer!

Ou seja, o investimento acontece uma vez só e você pode pode ficar 7 dias na mesma operação, mas todos os dias se ganha - ou se perde - alguma coisa. Não há como um investidor passar 2 ou 3 dias acumulando um lucro gradativo, porque as posições são ajustadas diariamente.

Esses ajustes realizados pela Bolsa de Valores acontece em horários específicos para cada tipo de ativo financeiro listado. A informação sobre esses horários podem ser encontrados no site da própria B3.

Por que o Ajuste Diário é considerado uma medida protetiva?

Conforme explicamos brevemente, no mercado futuro se negociam ativos subjacentes, que terão seus valores estipulados conforme uma data mais a frente. 

Para que nenhum investidor possa acumular lucro até que a data desse ativo expire, o ajuste é realizado diariamente. Se não fosse assim, a operação teria lucratividade tanto no presente quanto na data futura!

É uma medida protetiva tanto para a Bolsa de Valores, que consegue manter as ações em ordem, quanto para os próprios investidores, que detém de uma certa igualdade quando a chance de lucrar - ou não - com as aplicações.

Além disso, também é uma medida eficaz contra inadimplências: na hora do ajuste diário, se o acerto for positivo, o valor de rentabilidade é depositado diretamente na conta do investidor. Do contrário, se for negativo, será debitado.

Como você pôde perceber, investimentos realizados em mercado futuro podem parecer mais seguros pelo fato da negociação ser concretizada com data e valores pré-estabelecidos. Entretanto, também é um setor que possui seus riscos. 

Aquele(a) que deseja realizar esse tipo de operação precisa estar ciente de que poderá ganhar ou perder dinheiro todos os dias, de acordo com os horários de ajuste diário, até que o ativo atinja seu prazo de vencimento.

Termo do dia

Custo de Capital

O que é Custo de Capital? Custo de Capital é um termo que pode ser usado em diferentes contextos, com sentidos ligeiramente diferentes. Porém, o sentido…