De novo a palavra “custo” aparecendo aqui. Palavrinha chata essa, afinal, não gostamos de ter custo algum.

Porém, temos também a palavra “oportunidade”, que se trata de algo bom e que devemos sempre buscar.

Juntando as duas palavras, temos um conceito importante de Custo de Oportunidade.

Esse conceito é algo que já pensamos inconscientemente todos os dias e se trata de algo particularmente importante para tomarmos decisões de investimentos.

Citei que uma palavra não é tão agradável (custo), enquanto a outra (oportunidade), é.

No texto de hoje vou te ajudar a entender melhor essa dualidade e ver que precisamos sempre considerar isso ao investir.

Por isso, continue lendo para saber mais sobre:

O que é Custo de Oportunidade
A importância do Custo de Oportunidade para os investimentos
Parâmetros a serem considerados

O que é Custo de Oportunidade

O que é Custo de Oportunidade

Estamos em um blog de finanças verificando um conceito que, talvez possa parecer complicado, mas que na verdade executamos isso diariamente.

Vou começar com alguns exemplos simples para te provar que, na verdade, você mesmo já aplica esse conceito.

Você preferiria sair de balada e curtir muito uma noitada ou dormir e acordar cedo para correr no parque no outro dia?

Me satisfazer agora com um doce delicioso de sobremesa ou abrir mão dessa satisfação de agora em prol da minha saúde a longo prazo?

Ficar lendo sobre investimentos e se tornar um expert no assunto ou aproveitar meu tempo livre para descansar assistindo um filme?

Enfim, são decisões de preferências que cada um tem de fazer com base no que vai achar mais positivo para si próprio.

Como envolve preferência, para se ter um, é preciso abrir mão de outro.

É daí que vem o nome Custo de Oportunidade. É uma oportunidade que você tem, porém que terá um custo para a exercer.

É justamente isso que significa o Custo de Oportunidade, pensar na melhor opção a ser tomada, levando em consideração o que é preciso abrir mão de alguma outra coisa.

Ou seja, levar em conta as principais perdas que você terá para cada escolha.

Trazendo para nossos exemplos do começo desse tópico: i) o custo de oportunidade de sair para a balada hoje é não sair para correr amanhã de manhã; ii) o custo de comer um doce agora é não ter a mesma saúde lá na frente; iii) o custo de assistir um filme agora, é não aprender mais sobre investimentos hoje e melhorar a renda do meu patrimônio.

Ora, fazemos isso toda hora na vida, mas para investimentos isso é ainda mais importante, já que envolve dinheiro.

Vamos entender melhor isso agora.

A importância do Custo de Oportunidade para os investimentos

Importância do Custo de Oportunidade

Em investimentos, a coisa é mais importante. Temos uma gama incrível de produtos financeiros, o que é ótimo, afinal, quanto mais opções, maior a probabilidade de conseguirmos o que queremos.

Mas claro qualquer investimento tem seus prós e contras.

Assim como sair para uma noitada é ótimo para curtir com amigos e se divertir, o preço é cobrado com a ressaca do outro dia, todo investimento tem seu lado bom e ruim também.

Além disso, a decisão básica de se investir também é uma decisão essencialmente de custo de oportunidade.

Sabemos que o dinheiro tem valor ao longo do tempo, então, ao optar por realizar alguma aplicação, você está deixando de ter o seu dinheiro no presente para ter um valor maior no futuro.

Ou seja, você poderia comprar qualquer coisa com o dinheiro agora, mas opta por consumir mais no futuro.

Agora, se todos os investimentos tivessem as mesmas características, ficaria fácil escolher entre aquele que tem a maior taxa de retorno.

O ponto é que cada investimento tem suas características próprias e mesmo que eventualmente um deles tenha um retorno superior a outro, pode ser que outros pontos não compensem esse retorno maior.

Nisso, de novo, precisamos nos lembrar sempre do tripé básico que baseia cada investimento: Retorno, Risco, Liquidez.

Ao levar esses pontos em consideração, você terá que optar pelo melhor investimento para a sua situação naquele momento.

Por exemplo, suponha que exista um investimento que ofereça 10% de retorno com risco baixo e outro de 20% de retorno com risco elevado.

Você pode investir no investimento que dá 10% de retorno e ter um ganho mais provável e abrir mão de um retorno maior e incerto.

Por outro lado, pode ser que você prefira tomar mais risco, pois deseja um retorno mais elevado. Nesse caso você opta pela segunda alternativa e abre mão de ter um rendimento mais garantido.

Como você pode notar, o conceito de custo de oportunidade pode ser algo subjetivo.

No entanto, é sempre interessante ter ele na cabeça, afinal você deverá o levar em consideração ao analisar todas as opções que tiverem disponíveis.

Parâmetros a serem considerados

Parâmetros a serem considerados no Custo de Oportunidade

Existe um custo de oportunidade básico em finanças que sempre tem de ser levado em conta.

Trata-se do investimento na taxa básica de juros, a famosa taxa Selic.

Inclusive, se você estiver buscando aprofundar ainda mais o conhecimento sobre esta taxa temos uma série exclusiva no nosso canal do youtube contando tudo para você, acompanhe:

Ao optar por não utilizar o seu dinheiro para qualquer outro fim (consumo basicamente), você precisa ao menos pegar algum retorno mínimo (ou como chamamos no mercado financeiro, a Taxa Mínima de Atratividade – TMA).

E esse retorno mínimo é a taxa Selic na nossa economia.

Afinal de contas, se trata de um investimento que teoricamente é livre de risco, e que, portanto, seria o mínimo que você deveria receber de retorno por não utilizar o seu dinheiro hoje.

Logo, qualquer outra aplicação, tem de ser superior ao investimento em Selic ou o CDI.

Conclusão

O conceito de Custo de Oportunidade é algo que sempre utilizamos na nossa vida. São escolhas que tomamos levando em conta que teremos que abrir mão de alguma outra coisa.

A decisão de investir em si já é uma decisão em que levamos em conta o Custo de Oportunidade, afinal abrimos mão de ter um dinheiro no presente para termos um valor maior no futuro.

Entre os investimentos também devemos ter em mente o Custo de Oportunidade já que temos diversas opções de aplicações. Aqui, se faz presente novamente a relação Risco x Retorno de cada investimento.

Tenha isso sempre em mente, levando em conta seus objetivos e momento de vida para tomar a melhor decisão possível.

O que achou desse novo conceito? Se ficou alguma dúvida ou deseja contribuir mais, comente abaixo!

Compartilhe esse conteúdo com mais investidores que você deseja ajudar a conquistar Mais Retorno conhecendo o importante conceito de Custo de Oportunidade:

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais:

O que é Custo de oportunidade e porque você precisa pensar nele!
5 (100%) 3 votos