Empresa

A Unilever registrou um lucro líquido de 4,37 bilhões de euros (US$ 5,15 bilhões) no primeiro semestre de 2021,queda de 3,53% em comparação ao resultado de 4,53 bilhões de euros em igual período do ano anterior.

Foto: Unilever/Reprodução
Apesar da queda no lucro líquido do primeiro semestre, Unilever espera cumprir sua meta de crescimento em receita em 2021 - Foto: Unilever/Reprodução

Apesar da redução, a empresa - varejista multissetorial ango-holandesa que possui marcas de consumo como o sorvete Ben & Jerry's, sabonete Dove e produtos de limpeza Cif - afirmou que espera cumprir sua meta plurianual de crescimento de receita em 2021 como um todo, apesar de comparativos mais difíceis.

"As restrições na vida diária continuam em todo o mundo, impactando a dinâmica do canal, o mix de vendas e o comportamento do consumidor", disse a empresa. A receita no primeiro semestre foi de 25,79 bilhões de euros, ante faturamento de 25,71 bilhões de euros nos seis primeiros meses de 2020. Isso representa uma alta de 0,31%.

"Estamos confiantes de que entregaremos um crescimento de vendas subjacente em 2021 dentro de nossa meta plurianual de 3% a 5%, apesar dos comparativos mais desafiadores no segundo semestre", afirmou o presidente executivo da Unilever, Alan Jope.

O presidente completou ainda que a empresa “viu a inflação subir ao longo do 2º trimestre. A volatilidade e o momento das ações criam um intervalo maior do que o normal de resultados prováveis para nossa margem de fim de ano. Estamos gerenciando isso com dinamismo e esperamos manter a margem operacional estável para 2021”

Portfólio de produtos

Jone destacou que a Unilever está fazendo um bom progresso em relação às escolhas estratégicas de produtos estabelecida no início do ano, incluindo o desenvolvimento mais ágil de produtos.  “As áreas de Beleza Premium e Nutrição Funcional cresceram fortemente e recentemente anunciamos a aquisição da Paula’s Choice, marca digital de cuidados para a pele”.

Outro número enfatizado pelo presidente da companhia foi a expansão do comércio eletrônico da Unilever, que “cresceu 50% e agora representa 11% das vendas totais”. /com Agência Estado

Imagem do autor

Repórter do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais