Última modificação em 19 de abril de 2021

O que é valor terminal?

O valor terminal determina o valor de um ativo ou de um negócio após a estimativa do fluxo de caixa. Esse cálculo, no entanto, pressupõe que o negócio crescerá a um ritmo constante. 

O valor terminal equivale a uma porcentagem do total avaliado. 

Explicando o valor terminal

É difícil terminar qual será o fluxo de caixa de uma empresa nos próximos anos já que o negócio pode ser valorizar ou se desvalorizar no mercado. No entanto, os analistas financeiros conseguem simular o cenário futuro por meio de modelos financeiros como o fluxo de caixa descontado, que permite avaliar a viabilidade de um negócio.

Segundo esse método, o valor de um ativo equivale a todos os fluxos de caixa derivados desse ativo. Do resultado obtido é preciso descontar o valor presente, calculado a uma taxa de juros fixa. 

O fluxo de caixa é composto pelo período de previsão e pelo valor terminal. O período de previsão cobre um período de cinco anos - prazos maiores tendem a prejudicar as projeções calculados sobre o volume pelo chamado valor terminal.

Dois métodos podem ser usados para o cálculo do valor terminal: o modelo perpétuo, também chamado de Modelo de Crescimento de Gordon e o múltiplo de saída.

No primeiro método, o fluxo de caixa crescerá a um fluxo constante. Já o segundo estabelece que a métrica de mercado determinará o valor de venda da empresa.

Os investidores, geralmente, analisam o modelo múltiplo de saída para montar uma carteira de investimentos, enquanto os bancos e outras instituições financeiras preferem analisar o Modelo de Crescimento de Gordon.

Métodos de valor terminal

Método de perpetuidade

Nesse método os dividendos previstos consideram o prejuízo esperado para o período em análise. Os dividendos devem ser analisados em intervalos reduzidos, já que projeções que se estendem muito no futuro se tornam menos precisas. Além disso, não há como prever quando uma empresa encerrará as suas atividades.  

Para superar as limitações desse método, o valor terminal deve ser usado para presumir que o fluxo de caixa crescerá a uma taxa constante a partir de uma data específica. Nesse caso, a fórmula para calcular o valor terminal é a seguinte:

(FCF * (1 + g)) / (d - g), onde:

O resultado é taxa de crescimento esperado para o período em análise. Esse valor tem início no final do último período declarado e segue a um ritmo constante para a perpetuidade. 

Esse valor, em geral, está alinhado com a taxa de inflação e não pode ser superior à taxa de crescimento  do produto interno bruto (PIB).

Múltiplo de saída

É usado para se analisar um número limitado de possibilidades. Nesse caso, o valor terminal deve refletir o valor dos ativos de uma empresa em um dado momento. 

O valor das aquisições é calculado com múltiplo de saída quando o patrimônio líquido de uma empresa é adquirido por outra instituição. O preço justo dessa transação é estimado ao se multiplicar as vendas e o lucro por um fator comum entre as empresas que foram vendidas recentemente. 

Nesse caso, o resultado é obtido ao se multiplicar a métrica mais recente pela média de saídas de outras transações comerciais. Os bancos de investimento, frequentemente, empregam esse método de avaliação para decidirem se devem ou não investir em determinada empresa.

Termo do dia

Rebalanceamento de calendário

O que é o rebalanceamento de calendário? Rebalanceamento de calendário é o nome dado a uma das diversas de se realizar o rebalanceamento de uma carteira…