termos

Valor de Referência

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:22/09/2021 às 07:19 - Atualizado um mês atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é um valor de referência?

Valor de referência é um termo utilizado para designar uma média de valores obtida em uma pesquisa. Em outras palavras, quando algum órgão público abre uma licitação para desenvolver algum projeto, por exemplo, realiza-se uma pesquisa para saber o preço do mesmo. Assim, ao compilar esses preços é feita uma média na qual chamamos de “valor de referência”.

É importante pontuar que essa expressão pode ser aplicada em diferentes contextos. Existe valor de referência aplicado a exames médicos; ou a um teste para Covid-19, por exemplo. No contexto do mercado financeiro, o valor de referência é também intitulado como a palavra de origem inglesa, benchmark.

Este termo designa a comparação entre preços, produtos e práticas comerciais, sendo que no mundo das finanças, o benchmark é utilizado para comparar ativos. Existem várias formas de se mensurar o valor de referência como:

  • CDI (Certificados de Depósito Interbancário);
  • Selic (Taxa Básica de Juros);
  • Inflação;
  • Índices do Ibovespa e os índices setoriais da bolsa.

Cada uma dessas formas de mensurar valores médios pode ser considerada índices de valor de referência.

Como funciona o valor de referência no mercado financeiro?

Existem várias formas de mensurar o valor de referência, assim, cada indicador possui suas próprias fórmulas. Confira, abaixo, algumas delas:

  • Selic: taxa básica de juros no Brasil, a Selic é utilizada para mensurar valores médios de ativos de renda fixa e é utilizada em títulos do Tesouro Direto;
  • CDI (Certificados de Depósito Interbancários): Também utilizado em ativos de renda fixa, o CDI analisa valores médios de depósitos e empréstimos interbancários;
  • O Ibovespa é o principal indicador de ativos de renda variável no Brasil. É o índice da Bolsa de Valores brasileira e analisa os investimentos em termos de performance positiva ou negativa;
  • Índices da Bolsa: São várias as opções de índices que analisam as ações do mercado de ações. Esses índices estão em constante análise para ver se os investimentos podem valer a pena ou não;
  • Inflação: é possível medir o valor de referência pela inflação. Ao analisar os valores de oscilação inflacionária é possível verificar se o investimento vale a pena ou não.

Quais são as vantagens de se utilizar o valor de referência?

Analisar o valor de referência é muito importante na hora de fazer algum investimento, uma vez que esses valores ajudam a escolher o investimento correto e também aquele com maior probabilidade de promover vantagens.

Ao montar o portfólio de ações, o benchmark também deve ser analisado. Existem várias opções desses indicadores como foi demonstrado acima, e cada um serve para um tipo de investimento, sejam eles de renda fixa ou renda variável.

O valor de referência também pode ser utilizado para analisar ações no curto, médio e longo prazo, ou seja, ao fazer a análise dos valores médios de ações em determinado período é possível saber se aquele tipo de investimento atende à demanda de cada investidor.

Em todo caso, a escolha do tipo de índice para mensuração do valor de referência, assim como o tipo de ação ideal para cada investidor, passa pela análise de perfil de investidor. Antes de tomar qualquer decisão, é sempre importante analisar qual é o perfil e consequentemente quais são as ações mais adequadas a cada um deles.

O valor de referência se coloca como uma ferramenta que pode ajudar na hora de analisar qual é o melhor investimento e como este vai se sair no curto, médio e longo prazo. Dessa forma, cada índice pode contribuir para que os investimentos sejam feitos com menor risco.

Sobre o autor
Equipe Mais RetornoA Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Estado de Bem-Estar Social

Estado de Bem-Estar Social

O que é o Estado de Bem-estar Social? É chamado de Estado de Bem-estar Social um modelo de organização político segundo o qual o Estado se...

  CONTINUAR LENDO