Logo Mais Retorno
termos

Suporte

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:19/08/2019 às 17:22 -
Atualizado 3 anos atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é suporte

Suporte, ou nível de suporte, é o preço mínimo que um ativo alcança dentro de um determinado período de tempo, sendo que ele não cai abaixo desse valor.

O preço de um ativo flutua ao longo do tempo; analisando o gráfico da flutuação, é relativamente simples identificar o nível de suporte que ele manteve no período.

suporte análise gráfica

Como é criado o suporte

 

O suporte do ativo é criado pela entrada de compradores no mercado sempre que o preço cai a um certo ponto. Com o aumento na demanda, o preço volta a subir. Assim, o ativo não ultrapassa o nível de suporte.

Existe uma psicologia por trás da formação do nível de suporte. Por exemplo, os investidores que estão felizes com sua posição, ao ver o ativo apresentar tendência de valorização a partir de um certo patamar – digamos, R$15 –, podem decidir reforça-la comprando mais papéis quando ele chegar no mesmo patamar de preço novamente. Então, em vez de aguardar o ativo cair mais, eles entram no mercado naquele ponto específico dos R$15 e, involuntariamente, confirmam o nível de suporte.

O que o nível de suporte significa

Assim como todo conceito em finanças, existe um significado importante por trás do suporte. Ele aponta para o patamar de preço no qual os compradores se sentem mais confortáveis e estão mais predispostos a entrar no mercado. No caso de uma ação, por exemplo, a análise do nível de suporte permite estimar o valor mínimo que ela deve manter, auxiliando a tomar decisões sobre a hora certa de comprar ou vender.

Imagine, por exemplo, que as ações da empresa ABC Metais apresentaram o seguinte comportamento nos últimos meses:

  • Preço inicial de R$10
  • Subiu a R$12
  • Caiu a R$7
  • Subiu a R$11
  • Caiu a R$7
  • Subiu a R$9
  • Caiu a R$7

Nesse cenário, podemos dizer que o nível de suporte dessas ações é, atualmente, de R$7. Isso significa que, para alguém que deseja comprar, o melhor momento é quando o preço chegar a R$7, pois o ativo não deve apresentar um preço menor do que esse. Por outro lado, para quem quer vender, se as ações chegarem a R$7, é melhor esperar; afinal, a tendência é que, a partir desse ponto, o preço volte a subir.

Superação do nível de suporte

Eventualmente, o nível de suporte que se manteve ao longo de certo período pode ser superado. Em outras palavras, o preço do ativo cai abaixo daquele patamar mínimo de preço. Essa superação pode estar ligada a vários fatores; por exemplo, no caso de ações de uma empresa, pode ser motivada pela divulgação de um relatório trimestral que revelou baixo desempenho, ou por um escândalo de gestão. Quando isso acontece, um novo nível de suporte se estabelece.

Reversão do nível de suporte

Quando o suporte é superado (isto é, um novo suporte se estabelece), pode ocorrer o que chamamos de reversão. A reversão do nível de suporte é a situação em que aquele patamar de preço, que até então era o mais baixo, torna-se o mais alto que o ativo consegue alcançar dentro de um certo período – o que chamamos de resistência.

Vamos retomar com aquele mesmo exemplo das ações da ABC Metais. Suponha, então, que a empresa teve um trimestre ruim. Então, o comportamento do ativo fica assim:

  • Preço inicial de R$7
  • Cai a R$6
  • Cai a R$5
  • Sobe a R$7
  • Cai a R$4
  • Sobe a R$7
  • Cai a R$5

Percebeu que, nesse cenário, R$7 (que antes era o nível de suporte) agora é o preço máximo que a ação consegue atingir? Esse torna-se o nível de resistência e, por isso, dizemos que houve uma reversão do suporte.

Cuidados com o nível de suporte

Enquanto o suporte é uma informação importante para quem negocia no mercado de capitais, ele não deve ser utilizado sozinho. O nível de suporte é o retrato de uma situação atual, que dá algumas pistas, porém, não garante de qualquer maneira o comportamento futuro dos ativos. Portanto, o investidor precisa se manter atento a dados mais relevantes, que possam ajudar a diagnosticar tendências de alta ou queda nos preços.

Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!