Última modificação em 11 de dezembro de 2020

O que é STA (Solicitação de Transferência de Ações)?

A STA (Solicitação de Transferência de Ações) consiste no processo realizado para transferir a custódia de ações de uma instituição financeira para outra.

Todos os ativos negociados no mercado financeiro estão sob a custódia de alguma instituição, seja ela um banco ou uma corretora de valores.

Quando um operador da bolsa realiza uma STA, o que ele faz, basicamente, é continuar com a mesma carteira em outra instituição. Isso sem necessitar vender seus papéis e comparar novos em uma nova corretora, além de se livrar de processos muito burocráticos e custosos.

Muitos investidores, sobretudo os mais novos, não conhecem esse procedimento e ficam “presos” à instituições que não necessariamente fornecem os serviços desejados.

Por que fazer uma STA (Solicitação de Transferência de Ações)?

Os motivos para fazer uma Solicitação de Transferência de Ações podem ser dos mais diversos. Em geral, os investidores devem buscar corretoras que estejam mais alinhadas ao seu perfil.

O tipo de serviço e de plataforma oferecidas pelas corretoras são algumas das características que deveriam influenciar nessa decisão. Contudo, nem todos os investidores observam isso no momento de escolher e podem não ficar plenamente satisfeitos com a corretora escolhida.

Como corretoras diferentes oferecem produtos, serviços e qualidade diferentes, esse pode ser um dos fatores que levará o investidor a optar por fazer uma STA.

Um outro motivo também está relacionado aos custos envolvidos em manter os ativos em uma certa instituição. Por vezes, um investidor pode optar por realizar uma STA para migrar para uma corretora que não cobre taxa de corretagem.

Ou então, ele pode tomar a decisão de trocar por considerar que o atendimento em uma ou outra instituição financeira é melhor, ainda que para ter tal atendimento tenha que pagar um valor mais alto.

Em suma, optar por realizar uma STA é algo que depende de uma série de fatores que devem ser analisados pelo investidor. O mais importante, inicialmente, é saber que é possível solicitar a transferência de ações e, uma vez que desejar fazer isso, o investidor saber quais medidas tomar para executar a solicitação.

Como fazer uma STA?

Se você tomar a decisão de solicitar uma STA, terá de seguir alguns passos para executar a transferência.

Esse procedimento não é muito complexo e burocrático, e é válido para todos os investidores que têm uma conta em instituição custodiada pela CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia); o que é a maioria dos casos.

Para dar início ao processo de STA, será necessário abrir uma conta na corretora concessionária. Essa corretora é a que irá receber os ativos transferidos, portanto é preciso já ter uma conta ativada nela.

A solicitação de transferência das ações em si é feita através do preenchimento de um formulário, que é o de Solicitação de Transferência de Valores Mobiliários. Neste formulário, deverá constar informações acerca dos dados dos ativos, dos dados bancários e as assinaturas do investidor e da instituição cedente.

Ele pode ser facilmente encontrado nos sites das corretoras.

Posteriormente ao preenchimento da ficha de solicitação de transferência de ações, o investidor deverá levar o documento ao cartório para reconhecer firma. Esse procedimento é a garantia que a transferência será realizada de uma forma segura.

Realizado o procedimento de reconhecimento de firma, basta o investidor entrar em contato com a corretora cedente e encaminhar o documento registrado em cartório para que ela execute a transferência.

O período para que o processo seja finalizado não é muito longo, e o investidor pode receber informações sobre o prazo de conclusão com a corretora cedente.

Após a finalização da transferência, será possível para o investidor começar a operar na nova corretora, sem haver quaisquer outras implicações.

Termo do dia

Ágio

O que é o ágio? Ágio é um termo utilizado no mercado financeiro para designar a diferença entre o valor de mercado de um produto e…