Última modificação em 12 de março de 2021

O que é o setor terciário?

No contexto da economia brasileiro, as empresas são divididas em diferentes tipos de setores, de acordo com a sua atuação. No caso do setor terciário, estamos falando das companhias que atuam na cadeia final, mais especificamente com comércio e prestação de serviços.

De um modo geral, essas empresas possuem um contato mais próximo com o consumidor. São elas, afinal, que disponibilizam os seus produtos e serviços para aquisição, ainda que a oferta se inicie com outras companhias — tecnicamente chamadas de fornecedores.

Assim, podemos dizer que o setor terciário é responsável por encerrar um ciclo econômico e, portanto, tem papel essencial para que toda cadeia produtiva siga fluindo com naturalidade.

Quando o segmento como um todo não vai bem, por outro lado, acaba afetando todo conjunto de negócios. Não há demanda para os fornecedores e até mesmo problemas de pagamento podem surgir. A tendência é que se crie um cenário de crise no país.

Como funciona o setor terciário?

Como vimos, o setor terciário é um dos grandes grupos que compõem a economia brasileira. Além dele, existem outras duas classificações para as nossas empresas. São elas:

Veja, portanto, que cada grupo econômico tem uma atribuição independente. Contudo, elas atuam de modo integrado para a boa execução operacional e dependem do bom andamento de outros grupos.

Não adianta nada uma empresa que vende móveis de escritório existir caso ela não tenha ao menos um fornecedor de madeira. E, para tal objetivo, é necessário contar com negócios de outros setores entre os seus fornecedores.

Da mesma forma, companhias que atuam diretamente com a produção de madeira também necessitam de negócios do setor terciário para vender a sua matéria-prima. Caso contrário, o estoque acaba ficando parado e sem fluxo produtivo, algo que é péssimo em todos os sentidos.

Quais são os tipos de empresas do setor terciário?

Pelo maior contato com o consumidor, é mais natural que as empresas do setor terciário sejam amplamente conhecidas pela população brasileira. O mesmo não se pode dizer dos segmentos anteriores, ainda que algumas se destaquem — como Petrobrás e Vale, por exemplo, negócios extratores e amplamente conhecidos internacionalmente.

Abaixo, apenas para facilitar a identificação, listamos alguns dos setores que compõem o grupo de empresas classificadas como terciárias. São elas:

Observe que, neste grupo de empresas temos tanto produtos tangíveis (comércio), como produtos intangíveis (serviços). Assim, ambos os tipos de comercialização são clássicos do setor terciário que, de fato, acaba por ser extremamente abrangente.

Qualquer relação que envolva essa relação de produto (ou serviço) junto ao consumidor final é típica do setor terciário. E aqui você terá desde grandes empresas (como Itaú, Ambev ou Renault), como também pequenos prestadores de serviços (como advogados, médicos ou designers).

Portanto, como vimos ao longo do texto, o setor terciário tem uma grande importância no desenvolvimento da economia nacional. E, ao compreender melhor essas relações, podemos interpretar com maior eficiência o que acontece em cada cenário econômico do Brasil — algo extremamente importante para um investidor.

Termo do dia

Ciclo de Vida do Produto (CVP)

O que é o Ciclo de Vida do Produto? Qualquer produto lançado no mercado está sujeito a 4 estágios: Introdução: poucas pessoas compram; Crescimento: mais pessoas…