Última modificação em 6 de novembro de 2019

O que é Pregão de licitação?

O pregão é uma modalidade de licitação utilizada no Brasil na busca por prestadores de serviços que possam atender aos órgãos públicos nas mais diversas categorias. O processo acontece buscando o menor valor oferecido, ao invés do mais alto.

O procedimento é adotado como modalidade de licitação somente permitido quando o objeto a ser licitado for um bem ou serviço comum, aquele que pode ser escolhidos por comparação simples e baseando-se em menor preço, como objetos de escritório, veículos (de marca conhecida ) etc.

Em caso de objetos não comum, o método não poderá ser utilizado, devendo-se utilizar de licitações públicas ou outros processos de contração de serviços ou aquisições de bens.

Como é realizado o Pregão?

Atualmente existem duas modalidades de pregão em execução no Brasil, sendo elas online e presencial. Inicialmente, para ambas, inicia-se um processo interno de preparação para que o pregão ocorra.

Fases do pregão

Nesta fase, há de se apresentar uma justificativa pela necessidade de contratação de empresas privadas para o serviço ou aquisição do bem; definição dos produtos, serviços e todas as informações pertinentes; critérios para qualificação dos interessados e análise das propostas; cláusulas do contrato a ser firmado; e informações relevantes ao processo como um todo, desde sua realização à conclusão do serviço a ser prestado ou aquisição dos bens.

Após a fase inicial, inicia-se a parte externa do processo do pregão. Um edital com todas as informações, condições e pré requisitos para habilitação é disponibilizado aos interessados em participar do pregão. Tal edital deve ser publicado em um prazo mínimo de oito dias antecedentes ao dia da entrega das propostas. É definido também o responsável pela realização do pregão, chamado de Pregoeiro.

Pregão presencial

Os envelopes com as propostas são entregues e verificados e o de valor mais baixo, seguido pelos dois de menor valor limitados em até 10% maior que o mais baixo poderão disputar entre si por meio de lances verbais.

Após a definição do vencedor, a habilitação da empresa é verificada e, caso não seja verificado nenhuma irregularidade ou nenhum recurso seja apresentado por outros proponentes, passa-se ao processo de adjudicação e homologação do vencedor.

Pregão online

O funcionamento do pregão online se dá de forma similar ao presencial, tanto na fase de preparação, quanto de divulgação e realização. A diferença principal das duas formas de pregão é o local de realização.

No pregão online, os participantes devem se encontrar em uma sala virtual para que se realizem as propostas. Um grande diferencial do pregão online é que, em grande parte dos casos, é necessário que os proponentes tenham cadastro nos portais online em que o processo acontece, seja por meio de sistemas do próprio governo ou particulares.

Uma das grandes críticas ao pregão online em salas particulares é a necessidade de pagamento para a utilização dos portais, limitando as propostas àqueles que tenham conhecimento da ferramenta, saibam manuseá-la etc.

Outra diferença é que grande parte dos sistemas governamentais solicitam as documentações de habilitação da empresa anterior à realização do pregão. O empresário precisa enviar os comprovantes exigidos antes de poder enviar sua propostas, como certidões negativas de débito, pagamentos de INSS dentre outros.

Quais as vantagens do pregão?

Termo do dia

Put-Call Parity

O que é Put-Call Parity? A Put-Call Parity (ou Paridade Put-Call, em português) é um conceito aplicado ao mercado de opções, que é um mercado derivativo…