Última modificação em 25 de fevereiro de 2021

O que são Preferred Stock?

O termo preferred stock - ou ação preferencial, traduzindo para o Português - refere-se à um tipo especial de ação de uma empresa que está disponível no mercado financeiro.

Existem dois tipos de ações: preferred stock (ação preferencial) e common stock (ação ordinária). Ambas têm características próprias.

Preferred stock são ações que têm preferência no recebimento dos dividendos das empresas. Ou seja, quando a companhia precisa escolher entre distribuir seus lucros para os detentores de ações preferenciais ou de ações ordinárias, os da primeira opção terão prioridade.

Além disso, as preferred stocks têm preferência também no recebimento do capital investido em caso de liquidação da empresa - quando ela transforma os ativos em dinheiro para pagar
suas dívidas.

Uma outra característica desse tipo de ação é que os seus detentores geralmente não têm direito à voto nas assembleias corporativas, diferente dos acionistas que detém as common stocks.

Como as Preferred Stock funcionam?

De acordo com o artigo 15 da Lei de Sociedades Anônimas - Nº 6.404, de 1976 - o número de
preferred stock sem direito a voto que uma empresa disponibiliza, deverá compor no máximo 50% do numero total de ações.

Ou seja, se uma empresa tem 50 mil ações disponíveis na Bolsa de Valores, no máximo 25 mil deverão ser preferenciais. Quanto à característica de não ter direito ao voto nas assembleias, ela poderá ser alterada:

No artigo 111 da mesma Lei fica claro que os investidores detentores de preferred stocks passarão a ter direito ao voto nas assembleias caso a empresa deixe de pagar os dividendos pelo prazo não superior a 3 exercícios consecutivos!

Ou seja, esse direito ao voto só aparece quando há um prejuízo no outro direito principal, da preferencia na distribuição dos dividendos.

Para identificar as preferred stocks no mercado financeiro basta procurar o numero 4 após
as siglas da empresa. Por exemplo, a ação BBDC4 (bacno Bradesco) se trata de uma ação
preferencial, pois é identificada com o numero 4 ao final da sigla.

O mesmo vale para a ação da empresa Vale (VALE4), para a ações da Petrobras (PETR4), e assim por diante...

Qual é a vantagem de ter uma Preferred Stock?

Conforme dissemos acima, as preferred stocks tem a prioridade na distribuição dos dividendos e na liquidação da empresa quando comparada com as common stock. Porém, não é só isso.

Segundo o artigo 17 da Lei das Sociedades Anônimas, além dessa preferência, as ações preferenciais tem o direito - em alguns casos específicos - de receber no mínimo 10% a mais de dividendos que as ações ordinárias, ou um valor igual a elas.

Qual é a desvantagem de ter uma Preferred Stock?

Em geral, os detentores de preferred stocks não têm direito ao voto nas assembleias. Esses acionistas não tem influência alguma nas decisões que a empresa toma, ficando à mercê das escolhas feitas pelos acionistas ordinários, e recolhendo os frutos dos lucros ou prejuízos da empresa.

Como investir em Preferred Stock?

O primeiro passo para investir nas ações preferenciais é abrir uma conta em uma corretora de investimentos confiável. Existem diversas instituições diferentes, todas elas com características que agradam alguns e desagradam o consumidor.

Cabe a você analisar fatores como taxas, facilidade de comunicação com corretores, layout do home broker, entre outras características.

Feito isso, o próximo passo é estudar, afinal de contas investir em ações é um risco que nem
todos conseguem lidar!

Estudar o mercado de ações, quais fatores são importantes nas flutuações dos valores e saber gerenciar riscos são pontos importantes para ter mais segurança na hora de investir. Com essa bagagem sim, é hora de aplicar seu dinheiro em uma (ou várias) preferred stock e receber os tão esperados dividendos.

Termo do dia

Produtividade

O que é Produtividade? Produtividade é o fator que determina o quanto um processo é eficiente. Dito de outro modo, é o resultado alcançado dados os…