termos

Preço Teórico

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:27/10/2021 às 14:49 - Atualizado 3 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é preço teórico?

O preço teórico é um termo frequentemente utilizado para avaliar o ativo subjacente em uma negociação de derivativos. Ele tanto pode ser o valor total de uma posição quanto o valor de uma posição controlada, além de também poder ser um valor acordado em um contrato. Ele também é usado para descrever contratos de derivativos nos mercados de moedas, de futuros e no de ações.

Na linguagem de mercado, aliás, o preço teórico é o valor total subjacente de uma negociação de derivativos. Os valores de contratos de derivativos com ele são muito superiores aos valores de mercado devido a um conceito denominado alavancagem, descrito a seguir.

Como o preço teórico funciona?

A alavancagem permite usar uma pequena quantidade de dinheiro para controlar, teoricamente, uma quantia muito maior. Portanto, o preço teórico ajuda a distinguir o valor total de uma negociação do custo de fazê-la. Aqui, porém, existe uma distinção clara. O preço teórico representa o valor total da posição enquanto o valor de mercado é o preço em que essa posição pode ser comprada ou vendida no mercado. O montante da alavancagem utilizado pode ser calculado ao dividir um valor pelo outro.

O preço teórico é parte integrante da avaliação do risco da carteira, o que pode ser bastante útil ao determinar os índices de hedge para compensar esse risco. Embora ele possa ser usado em futuros e ações — no valor total da posição do estoque — também se aplica aos swaps de taxa de juros, os de retorno total, derivativos de moeda estrangeira e às opções de ações.

Quais são os possíveis usos do preço teórico?

Um dos possíveis usos do preço teórico é em swaps de taxas de juros. Eles funcionam de forma em que as contrapartes concordam em trocar os pagamentos de juros futuros, que são calculados sobre o valor principal pré-determinado. Nesse caso, o preço teórico pode ser expresso em qualquer moeda e assumir qualquer valor.

Outro uso bastante comum é em swaps de moeda, que podem ser considerados como um tipo de swap de taxa de juros em que as contrapartes trocam o principal e o pagamento de juros denominados em diferentes moedas — como Dólar estadunidense vs. Real brasileiro. Semelhante aos swaps de taxas de juros, o cálculo do pagamento dessas taxas para os swaps de moedas também se baseia nos preços teóricos principais pré-determinados.

As opções de ações — tanto de compra quanto de venda — também podem ser consideradas como um uso para o preço teórico. Elas oferecem o direito — mas não a obrigação — de comprar ou vender as ações subjacentes ao preço especificado em algum momento no futuro. Normalmente, cada opção oferece a oportunidade de comprar ou de vender o total de 100 ações. O preço teórico para as opções de ações é o valor total de uma posição nas ações que um investidor detém.

Quais são as diferenças entre preço teórico e preço de mercado?

Tanto o preço teórico quanto o valor de mercado descrevem o valor de um título. O primeiro fala de quanto valor total um título teoricamente controla — por meio de obrigações de dívida ou de contratos de derivativos, por exemplo. Já o segundo caso, por outro lado, é o preço de um título no momento, que pode ser tanto comprado quanto vendido em uma bolsa ou por meio de uma corretora.

O valor de mercado também é utilizado para se referir à capitalização de mercado de uma empresa que tem o seu capital aberto. Ele pode ser determinado ao multiplicar o número de ações em circulação pelo preço atual de cada ação.

Já o preço teórico distingue entre a quantidade de dinheiro investido e a quantidade que é associada a toda a transação. O seu cálculo é feito com a multiplicação das unidades de um contrato pelo seu preço à vista. Ambos, porém, representam cada um somas diferentes que são importantes para os investidores entenderem.

Sobre o autor
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Mais sobre
ITBI

ITBI

O que é o ITBI? O Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI) é um tributo municipal que incide, conforme determinação da própria Constituição Federal...

  CONTINUAR LENDO