termos

Preço Médio

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:28/11/2019 às 14:55 - Atualizado 2 anos atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O que é preço médio?

O preço médio é uma estratégia muito comum de ser utilizada dentro da Bolsa de Valores que consiste em realizar a compra de um ativo financeiro por mais de uma vez.

Ou seja, ao executá-la, suponha que um investidor já possui ações de uma determinada empresa. Passado um tempo, por qualquer motivo, ele resolveu comprar novamente o mesmo ativo a um novo preço.

Desta forma, ele já tem como aplicar o preço médio nos seus investimentos. Trata-se, afinal, de entender o valor médio que ele pagou em cada compra. Assim, ele consegue avaliar quanto pagou, na média, por cada ação da sua carteira.

Como calcular o preço médio?

Calcular o preço médio de um determinado ativo é bem simples. A fórmula usada é de média aritmética, aquela mesma que você deve ter aprendido ainda na escola.

Ou seja, basicamente o desafio será pegar as quantidades compradas, multiplicando-as pelos seus preços. Ao final, basta somar todos os valores investidos e dividir pelo total de ações em sua posse. O cálculo utiliza a seguinte fórmula:

Pre?o?M?dio=?[(Q1.?P1)+(Q2.?P2)+?(Qn.Pn)]?TA

Onde:

  • Q = Quantidade de ações compradas
  • P = Preço de compra das ações
  • TA = Total de ações em carteira

Entendendo o cálculo do preço médio

Apenas para que o conceito fique claro, vamos a um exemplo simples. Suponha que um investidor qualquer resolveu comprar ações de uma empresa X. Ao longo do tempo, ele fez quatro aquisições:

  1. Compra de 50 ações ao valor de R$ 30,00 cada
  2. Compra de 25 ações ao valor de R$ 33,00 cada
  3. Compra de 20 ações ao valor de R$ 25,00 cada
  4. Compra de 100 ações ao valor de R$ 22,00 cada

Desta forma, podemos encontrar o preço médio aplicando a nossa fórmula:

Pre?o?M?dio=??[(50.30)?+?(25.33)?+?(20.25)?+?(100.22)](50+25+20+100)?=[1500+825+500+2200]195=5025195=25,77

Ou seja, o valor médio pago por cada ação da empresa X pelo nosso investidor teria sido de R$ 25,77.

Por que é importante calcular o preço médio das ações?

Quando você faz apenas uma compra de ações, é fácil entender se elas estão valorizando ou desvalorizando. Basta comparar o preço pago com o atual oferecido pelo mercado, certo?

Mas e quando, assim como no exemplo anterior, as compras são múltiplas. Veja que houveram compras mais baratas (R$ 22,00) e outras mais caras (R$ 33,00). Supondo que a ação esteja a R$ 29,00 na data de hoje, como saber se houve valorização da sua carteira?

É aí que entra o preço médio. Como vimos, o valor médio de todas as compras foi de R$ 25,77. Isso significa que se todas fossem vendidas ao preço atual de R$ 29,00, seria possível encerrar a operação com lucro.

Além disso, é preciso ter controle sobre o valor exato pensando no Imposto de Renda. Na hora de declaração, não podem haver erros e, no caso de múltiplas compras, isso pode acontecer se não houver cuidado e atenção com o cálculo do preço médio.

Vale a pena usar o preço médio para lucrar na Bolsa de Valores?

Muitos investidores gostam de usar essa estratégia quando fazem uma compra inicial e, ao contrário da expectativa, o valor do ativo cai. Assim, uma oportunidade é comprar novamente o título, encontrando um preço médio melhor.

O problema é que, ao menos que sua análise seja muito boa, nada impede que essa ação continue se desvalorizando. Portanto, não abuse da técnica caso queira ganhar dinheiro na Bolsa de Valores. Na maior parte das vezes, o ideal é aceitar o prejuízo e definir um stop loss.

Não que seja proibido executar o preço médio, apenas tenha convicção de que é uma oportunidade realmente boa e, claro, não repita esse método toda vez que uma ação comprada desvalorizar. Quando der errado, o prejuízo pode ser muito alto pelo volume de ações em carteira — que aumenta a cada nova compra.

Sobre o autor
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!
Flávio Augusto da Silva

Flávio Augusto da Silva

Quem é Flávio Augusto da Silva? Flávio Augusto da Silva é o fundador de uma das maiores redes de ensino do Brasil, a Wise Up. Além disso,...

  CONTINUAR LENDO