Última modificação em 29 de março de 2021

Quem é Piero Ferrari? 

Piero Ferrari é o único filho vivo de Enzo Ferrari, fundador da fabricante de automóveis Ferrari. Ele ocupa o cargo de vice-presidente da empresa de carros de corrida de luxo e é dono de 10% da propriedade, que só abriu capital depois de quase um século de história no mercado.

O italiano, com seus 75 anos, está entre as pessoas mais ricas do mundo. Sua fortuna é estimada em US$3 bilhões e ele subiu mais de 200 posições da lista, entre 2019 e 2020. 


Qual a trajetória de Piero Ferrari? 

Piero Lardi Ferrari nasceu em 1945, de um relacionamento entre Enzo e a amante, Lina Lardi. Ela esteve perto de Enzo até sua morte, mas, como o divórcio era ilegal naquela época, Piero só foi reconhecido como membro da família depois que a esposa de Enzo faleceu.

O irmão de Piero, Dino, filho legítimo de Ferrari, morreu de distrofia muscular. Por isso, Piero é o único herdeiro da organização automobilística. 

O bilionário é casado com Floriana Nalin e ambos moram na antiga residência de Enzo. Ele tem uma filha, Antonella, e dois netos, Enzo e Piero. Além disso, Ferrari apoia o Centro Dino Ferrari, um centro de pesquisa de doenças neurodegenerativas.


A participação de Piero Ferrari na empresa do pai

O jovem italiano se apaixonou por Mecânica depois que passou a frequentar uma oficina de bicicletas localizada perto da casa de sua mãe. Aos 19 anos, ele se formou em Engenharia Mecânica no Instituto Fermo Corni em Módena, na Itália.  

Em 1969, ele começou a trabalhar informalmente na empresa do pai, como tradutor de Inglês. Posteriormente, ele se tornou supervisor técnico, listando e descrevendo componentes automotivos com defeitos. 

Em 5 anos, ele foi transferido para a equipe de Fórmula 1 da Ferrari, como co-organizador dos eventos esportivos. Alguns anos depois, ele voltou a atuar na parte técnica, ajudando a desenvolver conceitos para alguns modelos, como a Ferrari F40 e F50. 

Em 2015, a Ferrari fez seu IPO e, no ano seguinte, ingressou no Grupo Ferretti, um conglomerado do setor de iates, com 13,2% das ações. Seu código de negociação na NYSE e na Bolsa de Milão é RACE.


Qual o valuation da empresa presidida por Piero Ferrari? 

A Ferrari é, sem dúvidas, uma das marcas mais valiosas do mundo. Ela é capaz de vender produtos caros, com fila de espera e que se esgotam rapidamente. Além disso, ela fatura com modelos históricos, com ticket na faixa de 40 a 50 a milhões de dólares. Qualquer investidor entende que esse é um sinal muito positivo em uma companhia. 

Outro fator que agrega alto valor à empresa é a série de jogos GTA (Grand Theft Auto). No jogo, presente no mercado desde 1997, existe uma montadora chamada Grotti, baseada na Ferrari. 

A franquia já chegou a arrecadar quase um bilhão de dólares nas primeiras 24 horas de um único lançamento e os carros da empresa italiana são, frequentemente, associados ao game. 

Nos dias atuais, da alta de carros elétricos, a fabricante pretende ter 60% de automóveis plug-in. A Ferrari mais potente da história, com mil cavalos, dispõe de um V8 com 3 motores elétricos.

Por fim, o segmento Scuderia Ferrari de Fórmula 1, também levanta receita por conta dos patrocínios, comerciais, merchandising e licenciamentos, atingindo € 506 milhões em 2018. 

A posição da Ferrari, portanto, tem sido de crescimento desde sua estreia nas Bolsas italiana e estadunidense, com margens brutas e EBITDA invejáveis — pelo menos o dobro da concorrente BMW. 

Termo do dia

ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial

O que é ISE? O ISE – sigla correspondente a “Índice de Sustentabilidade Empresarial” – é um recurso utilizado para mensurar qual o nível de sustentabilidade que as…