Última modificação em 14 de julho de 2021

O que é Non-Recourse?

O termo Non-Recourse vem do inglês e, numa tradução livre, pode significar “sem recursos”. Ele se refere a uma modalidade de empréstimo em que não há a exigência de que o tomador da quantia apresente garantias, que podem ser representadas por bens materiais, que são requeridos pelo credor caso o cliente não cumpra com suas obrigações de pagamento.

No Brasil, não há um termo equivalente. O que temos aqui é o chamado “Empréstimo sem garantias”, que, aliás, vem sendo um dos mais procurados dentre os tipos disponíveis no mercado, e essa busca se intensifica em períodos de recessão econômica.

Tomar um empréstimo, portanto, em algumas situações, representa um certo alívio nas finanças domésticas ou de uma empresa. Quando a conta bancária se encontra no vermelho e os boletos não param de chegar, talvez seja a hora de procurar uma instituição financeira e conseguir alguns valores para suprir as emergências.

Muitas pessoas, porém, não costumam refletir sobre a real necessidade de utilizar esse recurso e acabam se endividando, podendo chegar ao ponto de fazer empréstimos para pagar dívidas de outros empréstimos – uma bola de neve difícil de derreter.

Quando pegar dinheiro emprestado? 

Perceber que o dinheiro está acabando e que o mês ainda está nem na metade não é o fator mais determinante na hora de decidir se aquele é o momento certo para tomar um empréstimo. É necessário, por exemplo, saber se será possível pagar todas as parcelas em dia, observar se o valor adquirido é suficiente e, portanto, não haverá necessidade de outros empréstimos no mesmo período, se a instituição credora escolhida é a que oferece as melhores condições etc.

Tendo a certeza de que todos esses fatores – e outros também – já foram devidamente considerados, é hora de escolher o tipo de empréstimo. São diversas as categorias que as instituições oferecem a seus clientes. As mais comuns são:

Quais as vantagens do Non-Recourse?

Embora essa modalidade apresente as taxas de juros mais altas dentre as praticadas em todas as categorias – taxas estas que podem passar de 20% ao mês –, para alguns casos específicos, ela pode ser a solução ideal.

O fato é que muitas pessoas simplesmente não possuem bens como automóveis ou imóveis em seu nome, o que, claro, limita as possibilidades de aquisição de um empréstimo. Dessa forma, mesmo sabendo que, ao final do prazo estipulado, o valor pago será bem maior do que em outros casos, o empréstimo sem garantias acaba sendo a única alternativa.

Outro motivo que pode levar a essa escolha é o fator burocracia. Quando se opta pelo Non-Recourse, as certezas de que a pessoa sairá da instituição financeira com o valor desejado é realmente grande. Isso porque não há outros valores envolvidos (além do solicitado pelo cliente), então os contratos costumam ser mais básicos, e as exigências feitas ao solicitante em termos de score tendem a ser menores.

Termo do dia

Ad Valorem

O que é Ad valorem? Ad Valorem é uma expressão latina, cujo significado literal é “conforme o valor”. Essa expressão é, em geral, usada no contexto…