Última modificação em 9 de junho de 2021

Quem é Mario Abdo Benítez?

Mario Abdo Benítez, também conhecido pela alcunha de Marito, é um político e empresário de nacionalidade paraguaia. Desde agosto de 2018 é o presidente do Paraguai, eleito pelo Partido Colorado, com tendências conservadoras e nacionalistas.

Dentro do Partido Colorado, Marito assume uma posição de bastante destaque, uma vez que foi um dos responsáveis diretos à sua ascensão no ano de 2008, quando o partido perdeu muito de seu poder, sendo eleito vice-presidente do partido.

Antes de ser nomeado presidente, Mario Abdo Benítez também foi senador no Congresso do Paraguai entre 2013 e 2018, sendo que nos anos de 2015 e 2016, assumiu a posição de presidente do Senado paraguaio, sucedendo o liberal Blas Llano.

Qual a trajetória profissional de Mario Abdo Benítez?


Mario Abdo Benítez nasceu em Assunção, capital do Paraguai, em 10 de novembro de 1971. Seu pai foi secretário particular do ditador Alfredo Stroesnner que, por 35 anos, comandou o Paraguai em um regime ditatorial bastante rígido. 

Mais tarde, em sua vida, no ano de 1989, Mario Abdo Benítez ingressou nas Forças Armadas paraguaias, obtendo o título de segundo tenente da reserva na Força Aérea, depois de ter recebido treinamento como paraquedista militar.

Saindo da esfera militar, Benítez graduou-se em Marketing nos Estados Unidos, na Universidade de Teikyo Post, nos anos de 1995. 

Ingressou na política no ano de 2005, como membro do movimento Republicano de Reconstrução Nacional, dentro do próprio Partido Colorado. Ainda no grupo, foi eleito vice-presidente deste em 2008, mantendo tal posição até o ano de 2011.

Mario Abdo Benítez seria eleito ao Senado no ano de 2013, sendo um aliado próximo do então presidente Horacio Cartes. Assumiu o posto de presidência do Senado paraguaio nos anos de 2015-2016. Em junho de 2017, anunciou que seria candidato à presidência do Paraguai, renunciando ao seu cargo de Senador em 1º de março de 2018.

Foi eleito presidente do Paraguai em 15 de agosto de 2018, sucedendo seu aliado Horacio Cartes, em um mandato que deve durar cinco anos.

Quais políticas econômicas de Mario Abdo Benítez merecem grande destaque?

O governo de Mario Abdo Benítez foi o responsável por uma grande Reforma Tributária no Paraguai. Aprovada em setembro de 2019, essa reforma envolveu a criação de um imposto sobre dividendos e lucros (UDI), com taxas que variam entre 8 a 15%. 

Além deste imposto, também ficou instituído o IRE, o Imposto de Renda de Empresas, unificando os tributos de Iracis e Iragro, com taxa de 10%. Ainda, implementou a separação da renda para liquidar o Imposto de Renda de Pessoas Físicas (IRP), estes ficando com taxas progressivas de 8 a 10%.

Não obstante, essa reforma também afetou a tributação de outros produtos como tabaco, refrigerantes e bebidas alcóolicas, sendo que o ISC (Imposto de Consumo Seletivo) fora reduzido nestes produtos. Também houve a simplificação de tributos de agroexportadores, sendo criado o Resimple para pequenos contribuintes, por meio das fichas emitidas pelos próprios contribuintes.

Também foi criado, com o Decreto Nº 3181/19, o Imposto de Renda para Não-Residentes, conhecido como IRNR, tendo taxa de 15%. Esta tributação incide em pessoas e empresas que não possuem residência no Paraguai, mas prestam serviços dentro do país. Ressalta-se que serviços digitais como Uber, Netflix, Spotify e outros são considerados contribuintes do IRNR. 

Marito Benítez também promulgou a Lei Nº 6286/2019, conhecida como Lei da “Defesa, Restauração e Promoção da Agricultura Familiar”. Esta lei tem por objetivo garantir proteção e promoção dos pequenos agricultores familiares, prestando assistência técnica a estes entes e também às comunidades indígenas. Como resultado, transferiu aproximadamente 100 milhões de dólares à agricultura familiar.

Termo do dia

Black & Scholes

O que é Black & Scholes Os economistas Fischer Black e Myron Scholes foram os responsáveis pelo modelo de precificação de opções conhecido como Black &…