Inteligência financeira

Última modificação em 06 de Outubro de 2021 às 05:11

O que é inteligência financeira?

Ao contrário do que imaginam a maioria das pessoas, ter inteligência financeira não significa tão somente poupar e quitar dívidas. Este conceito vai além da habilidade do indivíduo de gerenciar seus lucros e despesas de forma equilibrada, mantendo assim sua saúde financeira.

Administrar bem o dinheiro pode ser uma habilidade extremamente útil, inclusive para quem precisa estar em dia com suas obrigações, mas, também, porque permite gerar maior valor financeiro e confere, consequentemente, melhor capacidade monetária.

Por outro lado, muitos brasileiros enfrentam dificuldades financeiras em razão dessa falta de inteligência financeira. Prova disso é que são cada vez mais altas as taxas de endividamento no país. Logo, desenvolvê-la é um passo vital para alcançar a tão desejada liberdade financeira.

Quais as características da inteligência financeira?

O desenvolvimento desse tipo de inteligência passa diretamente pela disponibilidade de algumas características intrínsecas do indivíduo. De modo geral, algumas pessoas podem apresentar, naturalmente, mais facilidade para desenvolver tais competências ao longo da vida, sobretudo em função de uma educação financeira de qualidade.

Dentre os atributos mais importantes, destacam-se os seguintes:

  • Economia: aos indivíduos dotados de inteligência financeira, é comum destinar uma parte do orçamento para poupar sempre que possível. Mediante essa prática, minimiza-se eventuais imprevistos, como em caso de desemprego;
  • Investimento: outra característica comum da inteligência financeira é a predisposição para investir parte dos ganhos cuja finalidade é garantir uma maior liberdade monetária;
  • Planejamento: a disciplina e organização também faz parte das características do indivíduo com essa habilidade. Isso porque, em geral, as pessoas tendem a se planejar financeiramente para contornar eventuais riscos provocados por eventos inesperados.

Qual a importância da inteligência financeira?

Como vimos até aqui, esse tipo de inteligência permite que os indivíduos possam alcançar seus objetivos de forma mais tranquila, sem que haja dificuldades financeiras que possam inviabilizar projetos pessoais de curto, médio ou longo prazo. Através dela, toma-se melhores decisões sobre a aplicação da renda pessoal ou familiar, impedindo que ações por impulso sejam tomadas.

Dessa forma, a inteligência financeira nada mais é do que uma alternativa segura para construir um planejamento sólido e objetivo do orçamento mensal, sem abdicar-se de organização e disciplina. Logo, desenvolvê-la passa pela adoção de mudanças de hábito e mentalidade, uma vez que o indivíduo se torna focado em suas prioridades — e todo esse processo está também intimamente ligado à educação financeira.

Quais as vantagens da inteligência financeira?

Dentre os benefícios mais importantes de se trabalhar o desenvolvimento da inteligência financeira, podem se destacar os seguintes aspectos:

  • fazer mais com menos: a inteligência financeira permite que os indivíduos possam, por exemplo, fazer sua fonte de renda ter uma maior durabilidade, criando assim uma espécie de reserva financeira que pode ser utilizada em situações de emergência, sem que haja necessidade de buscar empréstimos;
  • cortar gastos desnecessários: além de poupar para criar um fundo de emergências financeiras, a inteligência emocional possibilita uma melhor visão sobre a alocação do dinheiro. Não tão raro, muitas pessoas fazem escolhas equivocadas e a maioria delas estão atreladas ao gasto desnecessário, por isso, minimizar esse tipo de evento pode ajudá-los a valorizar seu capital;
  • focar no que realmente importa: outra vantagem da inteligência emocional é a possibilidade de estabelecer metas bem definidas. Dessa forma, quando há uma lista de prioridades fica fácil focar naquilo que mais importa;
  • investir melhor: por fim, além de fazer o dinheiro render mais, evitar com coisas supérfluas e direcionar os esforços aos objetivos, é possível, através desse tipo de inteligência, buscar conhecimento sobre o mercado financeiro, identificar seu perfil de investidor e fazer alocações mais assertivas.

Glossário de Finanças e Investimentos

Pesquise a(s) palavra(s) navegando pelo alfabeto abaixo