Última modificação em 2 de fevereiro de 2021

O que é Índice Small Cap (SMLL)?

O Índice Small Cap (SMLL) é responsável por representar uma carteira teórica de ações de empresas que operam na Bolsa de Valores - ou B3 - com menor capitalização. Ele se diferencia do Índice MidLarge Cap, que têm empresas de maior capitalização.

A composição dessa carteira é dada por empresas com menor representatividade de valor em relação às empresas listadas na B3.

Quando tomamos a decisão de investir, precisamos estudar bem o mercado de ações para não cometermos erros, certo? Para isso, a própria Bolsa de Valores criou diversos índices - que são indicadores de desempenho – como o Índice Small Cap.

Para ficar mais claro imagine a população brasileira: ela pode ser dividida em faixa etária, em gênero, população urbana ou rural, escolaridade, renda etc. Com as ações acontece o mesmo, elas podem ser divididas em vários tipos de índices, permitindo que você avalie o desempenho de cada um deles.

Qual é a utilidade do Índice Small Cap (SMLL)?

O Índice Small Cap (SMLL) assim como outros índices, tem o objetivo de indicar o desempenho médio das ações que compõe o setor. Assim, é possível observar a evolução histórica, situação atual e valor das ações, de modo a conseguir tomar melhores decisões na hora de investir.

Um exemplo disso foi o início de 2020, antes da pandemia chegar ao Brasil, onde o índice alcançou sua maior pontuação da história: 3.064 pontos. Com a evolução da epidemia e medidas restritivas, o SMLL, refletindo a situação econômica daquele momento, alcançou a menor pontuação do ano com 1.480 pontos.

Após essa queda o índice mostrou evolução, no começo de 2021 se encontra na casa dos 2.800 pontos, mostrando uma tendência a voltar àquele valor histórico de 3.064 pontos. Isso também é um reflexo do atual desempenho econômico do Brasil.

Quem compõe a Índice Small Cap (SMLL)?

De acordo com a metodologia feita pela B3, para um ativo compor o Índice Small Cap é necessário preencher alguns requisitos, como por exemplo: estar entre os ativos que, em ordem decrescente, estejam classificados fora da lista dos que representam 85% do valor de mercado de todas as empresas listadas no mercado a vista da B3.

Ou seja, das ações listadas na Bolsa de Valores (do maior para o menor), os ativos que estão fora dos 85% farão parte desse índice.

Atualmente, 93 companhias fazem parte do Indice Small Caps, entre elas estão: Lojas Marisa, Embraer, Grupo Ser Educacional, Cielo, Centauro entre outras.

Posso investir no Índice Small Cap (SMLL)?

Sim, é possível investir no Índice Small Caps. Isso acontece pois este é um índice que tem um ETF atrelado. Um ETF (Exchange Traded Found) é um fundo de ações que replica um índice da Bolsa de Valores.

No caso do Índice Small Cap, seu ETF é o SMLL11, e é nele que você poderá investir. Um dos benefícios de se investir no ETF do SMLL11 é a diversificação.

Ao investir nesse ETF você estará investindo em 93 companhias de diversos segmentos, e isso traz maior segurança pois com vários ativos em uma carteira você evita que um resultado negativo causado por um único ativo comprometa seu desempenho.

As desvantagens do ETF do Indice Small Cap é que seus dividendos não são distribuídos ao investidor. Na verdade, o que acontece é que esses dividendos são reinvestidos pelo fundo.

Além disso esse ETF sofre com maior volatilidade, ou seja, as cotações sobem e caem de maneira rápida em curto espaço de tempo. Investir no ETF do Indice Small Cap requer, como em qualquer outro ETF, uma análise criteriosa, e o índice está ai justamente para possibilitar essa análise.

Termo do dia

Custodiante

O que é custodiante? Custodiante é uma instituição financeira responsável por deter a custódia de ações e ativos de fundos, seja de pessoas físicas, seja de…