Logo Mais Retorno

Siga nossas redes

  • Instagram Mais Retorno
  • Youtube Mais Retorno
  • Twitter Mais Retorno
  • Facebook Mais Retorno
  • Tiktok Mais Retorno
  • Linkedin Mais Retorno
termos

Independência Financeira

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:16/12/2019 às 14:33 -
Atualizado 5 anos atrás
Compartilhe:

O que é Independência Financeira?

A independência financeira é vendida como o sonho de nunca mais precisar trabalhar por dinheiro e de ter uma fonte de renda garantida para todos os meses. Mais do que a forma de viver ou de onde virá a receita, a independência financeira está associada a ter uma quantia mensal confortável para arcar com as despesas ao longo de muitos anos.

Para que você saiba o que é independência financeira, ela pode ter representações diferentes para cada pessoa, como:

  • Ter um negócio próprio;
  • Ter uma vida financeira mais equilibrada;
  • Livrar-se de dívidas;
  • Acumular patrimônio;
  • Viver de renda.

O conceito de independência financeira pode mudar para uma mesma pessoa também. Se hoje ela se sente livre ao quitar as dívidas, amanhã poderá ter interesse em investir e aumentar o próprio patrimônio.

Dessa forma, a ideia está diretamente associada à gestão das finanças pessoais e de um negócio próprio.

Aproveite para acompanhar este vídeo completo sobre como alcançar sua independência financeira investindo em apenas três fundos:

Para que serve a independência financeira?

A primeira finalidade é de eliminar as condições que fazem alguém se sentir limitado financeiramente, como o acúmulo de dívidas, restrições de consumo e de atividades de lazer.

Ter independência financeira traz possibilidades de:

  • Começar a investir ou fazer novos investimentos;
  • Vivenciar experiências, como viagens e cursos;
  • Poder se dedicar mais a alguma causa social, contribuindo com tempo e dinheiro;
  • Iniciar atividades mais prazerosas, como abrir um negócio próprio, gerando receita.

É por isso que, para algumas pessoas, a independência financeira não significa ter uma aposentadoria precoce. Na verdade, ela está associada a fazer algo que traga mais sentido e tenha propósito.

Com isso, o objetivo é conseguir equilibrar o volume de atividades pessoais e profissionais para poder viver com mais qualidade.

Como conquistar independência financeira?

Há quem sonhe em ganhar na loteria, abrir uma startup escalável ou ganhar muito dinheiro fazendo os melhores investimentos na bolsa de valores. Mas, com exceção da loteria, adquirir a independência financeira requer planejamento, disciplina e dedicação.

Para isso, é necessário responder a algumas perguntas:

  • O que é independência financeira para você?
  • Quanto deseja receber e daqui a quanto tempo?
  • Como pretende adquirir essa independência (abrindo um negócio, investindo na bolsa, etc.)?

Mais importante do que as perguntas acima é saber qual é sua realidade em relação ao dinheiro. A partir daí, poderá definir os próximos passos rumo à independência financeira.

  1. Organização: listar quais são as contas atualmente em atraso. Relacione os credores e total que deve, incluindo juros e encargos. Tente negociar as dívidas ou pode optar por quitá-las fazendo um empréstimo pessoal ou consignado, com juros mais baixos. Assim, concentrará as despesas com um único credor, evitando a perda de controle.
  2. Padrão de receitas e gastos: observe suas despesas ao longo de um ano e qual é o volume médio de entrada e saída de receita. Verifique quais despesas podem ser reduzidas ou até eliminadas do orçamento.
  3. Faça um planejamento financeiro: priorize as despesas conforme sua realidade financeira e limite gastos desnecessários. Defina quanto poderá juntar por mês, seja para pagar dívidas como fazer uma reserva de emergência.
  4. Planeje sua independência: ao mesmo tempo em que controla suas finanças, precisa se preparar para essa independência financeira, como cursos ou fazer investimentos mais arrojados.
  5. Poupe: Defina um valor para guardar mensalmente e que possa começar a investir no mercado financeiro para ter mais retorno.
  6. Agir: É o momento prático, que exige disciplina e dedicação: usar o dinheiro com mais consciência, poupar, estudar e investir.
Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

® Mais Retorno. Todos os direitos reservados.

O portal maisretorno.com (o "Portal") é de propriedade da MR Educação & Tecnologia Ltda. (CNPJ/MF nº 28.373.825/0001-70) ("Mais Retorno"). As informações disponibilizadas na ferramenta de fundos da Mais Retorno não configuram um relatório de análise ou qualquer tipo de recomendação e foram obtidas a partir de fontes públicas como a CVM. Rentabilidade passada não representa garantia de resultados futuros e apesar do cuidado na coleta e manuseio das informações, elas não foram conferidas individualmente. As informações são enviadas pelos próprios gestores aos órgãos reguladores e podem haver divergências pontuais e atraso em determinadas atualizações. Alguns cálculos e bases de dados podem não ser perfeitamente aplicáveis a cenários reais, seja por simplificações, arredondamentos ou aproximações, seja por não aplicação de todas as variáveis envolvidas no investimento real como todos os custos, timming e disponibilidade do investimento em diferentes janelas temporais. A Mais Retorno, seus sócios, administradores, representantes legais e funcionários não garantem sua exatidão, atualização, precisão, adequação, integridade ou veracidade, tampouco se responsabilizam pela publicação acidental de dados incorretos.
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos, ilustrações ou qualquer outro conteúdo deste site por qualquer meio sem a prévia autorização de seu autor/criador ou do administrador, conforme LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
® Mais Retorno / Todos os direitos reservados