Logo Mais Retorno
termos

Franchising: saiba o que é e como funciona

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:09/02/2022 às 19:12 -
Atualizado 7 meses atrás
Compartilhe:

O que é franchising?

Uma franchising — ou franquia em livre tradução — é um tipo de licença que concede a um franqueado acesso ao conhecimento de processos, negócios e marcas registradas de um franqueador. Isso permite que o interessado venda um produto ou serviço sob o nome comercial da marca já estabelecida no mercado.

Em troca da aquisição de uma franchising, o franqueado geralmente paga ao franqueador uma taxa inicial. Esse valor acordado entre ambas as partes serve para iniciar o novo negócio e para pagar as taxas anuais de licenciamento da marca em questão.

Como a franchising funciona?

Quando uma marca tem o desejo de aumentar a sua participação de mercado ou o seu alcance geográfico a um custo mais baixo, pode franquear os seus produtos ou serviços. Uma franchising funciona, então, como uma joint venture entre o franqueador e um franqueado interessado nessa parceria.

O franqueador, nesse caso, é o dono do negócio original. Já o franqueado é quem compra esse direito de vender os bens ou serviços que o franqueador oferece sob um modelo de negócios já estabelecido e uma marca registrada que já existe.

O franqueado também recebe permissão para usar a marca, as marcas de identificação e as marcas registradas do franqueador sob diretrizes especificadas em contrato. É importante para quem quer investir nesse tipo de negócio lembrar que no estilo de franquia, estará vinculado a um contrato de parceria com a marca original por um período definido que pode ser renovado — salvo algumas exceções.

Quais são os fundamentos e as regulamentações de uma franchising?

Os contratos de franchising geralmente são bastante complexos e variar para cada franqueador. Normalmente, inclui três categorias de pagamento. Primeiro, o interessado deve comprar os direitos controlados — a marca registrada em si — com o pagamento de uma taxa inicial.

Depois, o franqueador geralmente recebe pagamento para fornecer equipamentos, treinamentos ou serviços de consultoria empresarial. Por fim, o franqueador receberá royalties contínuos ou até mesmo um percentual das vendas da operação do franqueado.

O contrato de uma franchising é temporário e bastante semelhante ao aluguel de um negócio. Ele, por si só, não se torna propriedade do franqueado. A depender do contrato, por exemplo, os acordos de franquia podem durar entre 5 e 30 anos — com penalidades graves para o franqueado caso ele viole ou decida rescindir o contrato antes do tempo.

Quais são as vantagens e desvantagens de uma franchising?

Existem muitas vantagens em investir em um modelo de franchising e uma delas é a fórmula de negócios já pronta para ser seguida. Isso porque uma franquia já vem com produtos e serviços que foram testados no mercado — e, em muitos casos, com o reconhecimento da marca já bastante estabelecido.

Se o franqueado decidir investir em uma rede de fast food, por exemplo, as decisões sobre quais produtos serão vendidos, assim como a organização da loja e até como projetar os uniformes dos colaboradores já foram tomadas. Isso porque alguns franqueadores oferecem treinamento e planejamento financeiro ou uma lista com fornecedores confiáveis.

Uma das maiores desvantagens, em contrapartida, é que uma franquia tem altos custos iniciais, assim como custos com os pagamentos contínuos de royalties para a utilização da marca. Em alguns casos de empresas já bem estabelecidas no mercado, o preço inicial de uma franchising pode facilmente passar de R$ 1 milhão. Por definição, elas também têm taxas contínuas que devem ser pagas ao franqueador na forma de um percentual das vendas ou da receita total que pode variar entre 4% e 12% dependendo do setor.

Quem investe em uma franchising também não tem controle sobre o território ou em relação à criatividade com os seus negócios. Por isso, o indicado é procurar por conselhos de profissionais experientes nesse ramo para que a decisão seja tomada com confiança.

Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

Inscreva-se em nossa newsletter