Última modificação em 16 de dezembro de 2020

O que é Fence?

Fence, que vem do Inglês e significa “cerca”, é um tipo de estratégia de baixo custo no mercado de opções em que, na ocasião do investidor que deseja proteger um ativo de uma queda, também limita uma tendência de alta do papel.

É recomendável utilizar essa montagem quando um ativo tende a cair, mas também tem chance moderada de alta (cenário otimista). A fence cerca ou limita o ativo de sofrer uma queda muito notável mas, em troca, descarta a possibilidade de alto ganho.

A estratégia collar é parecida com a fence, mas nesta, há a compra de uma opção de call, que cria um preço máximo para a venda do ativo, e a compra de uma put, que fixa um limite de proteção contra perdas e que se estende até o preço de exercício da put vendida.

Em ambos os métodos, o prêmio cobrado com a venda das opções compensa parcial ou totalmente o prêmio pago para comprar a opção de venda.

Como montar uma Fence?

  1. Compre uma opção de put no dinheiro com um valor próximo ao da ação, cujo strike é nomeado a K1 e que será o seu limite de lucro.
  2. Venda uma opção de put, sendo o seu strike K2 o início da proteção contra a baixa do ativo, isto é, menor que K1. Até este ponto 2, a estratégia é a mesma que a da put spread.
  3. Venda de uma opção de call (até para retornar um pouco do investido em compra de put), com um strike K3 de proteção fim da baixa do ativo (limitador do ganho máximo), sendo menor que K2.

Todas essas opções devem ser compradas na mesma quantidade e no mesmo vencimento das ações, ou seja, se você comprou 1000 ações, compre 1000 opções de put e assim por diante.

Agora vamos passar para um exemplo com números. Imagine que você tenha comprado uma ação cotada a R$ 10, em março, com vencimento da seguinte operação em novembro:

  1. Compra de uma put de strike R$ 10
  2. Venda de uma put de strike R$ 8
  3. Venda de uma call de strike R$ 12

Assim, se a proteção vai até R$ 8 (20%), a partir desses 20% de queda o investidor participa na perda.

Por outro lado:

Em resumo, com a operação montada, se certifique de que você saiba: em que ponto você entrou, até onde vai a proteção, quando acontece o lucro máximo e o vencimento.

Compensa utilizar a estratégia fence?

Como já mencionamos, ela é bem-vinda nos cenários com possibilidade de queda e de alta, com mais tendência à queda (já que a ideia aqui é proteger e limitar).

Somado a isso, se o mercado de renda fixa não está rendendo tanto, o de opções surge como alternativa e ainda conta com recursos para proteger o capital de oscilações inesperadas (comum em anos eleitorais, por exemplo).

Estima-se que, em um intervalo de 30 a 40 dias, as operações fence, sob volatilidade média, promovem 10% de proteção desde sua entrada (pouco abaixo do nosso exemplo de 20%).

Porém, uma ressalva no uso da fence é que ela não é capaz de proteger o patrimônio de quedas abruptas, como costuma ocorrer nos estouros de bolhas.

Termo do dia

Tesouro Selic

O que é Tesouro Selic? Entre as aplicações disponíveis no Tesouro Direto, o Tesouro Selic é uma das opções indicadas para quem está começando a investir…