Última modificação em 9 de abril de 2021

O que é Enhanced Indexing?

Enhanced Indexing é o nome de uma estratégia de investimentos que visa retornos próximos a um indicador referencial (benchmark), mas com algum acréscimo de rentabilidade para superá-la sem abrir mão de certa segurança no mercado financeiro.

A técnica se aproxima muito aos investimentos passivos, que basicamente visam o monitoramento de uma carteira teórica de um índice, replicando-a na prática. No entanto, como mencionamos, também há em paralelo a busca por algum forma de gerar um ganho adicional.

Desta forma, o investidor conta com uma mescla entre uma gestão ativa (modelo que tem como meta vencer um benchmark), mas também com uma gestão passiva (modelo que não visa vencer o seu indicador, gerando maior tranquilidade ao investidor).

Como funciona o Enhanced Indexing?

A grande dúvida sobre o Enhanced Indexing é como fazer para gerenciar uma carteira de investimentos com o intuito de acompanhar um benchmark e, ainda assim, promover ganhos acima da média daquele mercado.

Existem algumas formas de fazê-lo, mas a maioria dos gestores de fundos que oferecem a estratégia trabalham de uma forma similar. Isto é, utilizando a maior parte do patrimônio em um ETF (Exchange Traded Funds), também conhecido como "fundo de índice". Ao mesmo tempo, uma parte do capital é destinada para uma gestão mais ativa em busca de oportunidades.

Você também pode, enquanto investidor individual, buscar aplicar o Enhanced Indexing na sua carteira de investimentos. E como funcionaria na prática? Usando o mercado de ações como exemplo, seria possível deixar uma boa parte do capital disponível atrelado ao desempenho do Ibovespa. É o caso de usar ETFs como o BOVA11, por exemplo.

Além disso, com uma parcela desse capital, você poderia buscar investir em empresas que estão fora do índice mencionado. São empresas com menor liquidez, mas que podem oferecer maior potencial de crescimento em algumas oportunidades. Assim, essa parcela de risco adicional é o que permite, caso os ativos desempenhem bem, elevar a rentabilidade e vencer o benchmark.

Quais são as vantagens do Enhanced Indexing?

Existem algumas vantagens que a estratégia do Enhanced Indexing pode oferecer ao investidor que decidir aplicá-la. A principal delas, sem dúvidas, está na possibilidade de gerar um acréscimo de rentabilidade sem correr grandes riscos na medida em que a maior parte do capital está associada a um indicador.

Outro ponto importante, especialmente para o pequeno investidor, é que os erros acabam minimizados no contexto do Enhanced Indexing. Como a maior parte do capital está no índice, com um desempenho passivo, as escolhas ativos possuem impacto reduzido na carteira.

Há ainda um ponto muito bacana que é a variação estratégica no uso do Enhanced Indexing. Há quem opte pelo filtro dos ativos, podendo selecionar aquelas empresas que não estão bem, mas estão no índice. Ou então usar de métodos quantitativos, gerando uma automação dos investimentos.

Quais as desvantagens do Enhanced Indexing?

Se por um lado o Enhanced Indexing protege de erros pelo menor capital fora do índice, por outro há uma limitação dos ganhos em caso de acerto. Mesmo que você invista em uma empresa de altíssimo crescimento, o capital utilizado é limitado. Então o potencial de ganho adicional em relação ao benchmark não é tão elevado como em um fundo de gestão ativa.

Além disso, essa seleção exclusiva de ativos adicionais costumam trazer maiores custos ao investidor. Isso vale tanto pela parte ativa da carteira (que naturalmente cobra maiores taxas do que um fundo que apenas replica um índice), como também para eventuais movimentações na carteira que podem exigir custos de corretagem (a depender da plataforma utilizada).

Por fim, há o risco do próprio gestor do fundo de Enhanced Indexing. A qualidade da seleção dos ativos, afinal, vai influenciar nos resultados. Quando investimos em um fundo 100% passivo, o risco é apenas de mercado.

Termo do dia

ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial

O que é ISE? O ISE – sigla correspondente a “Índice de Sustentabilidade Empresarial” – é um recurso utilizado para mensurar qual o nível de sustentabilidade que as…