Última modificação em 13 de setembro de 2019

O que é destruição criativa?

Em 1942, o economista austríaco Joseph Schumpeter surgiu com o conceito de destruição criativa: um processo de destruição e posterior reconstrução, com outro arranjo dentro da sociedade, que leva ao progresso econômico.

Com essa definição, ele acreditava que tinha encontrado a melhor forma de descrever a essência do capitalismo.  Nesse ambiente, os recursos se deslocam permanentemente para onde estão as novas oportunidades, criando tanto ganhadores como perdedores.

Inicialmente utilizada para se referir a processos produtivos que visavam aumentar a produtividade, a destruição criativa passou a ser associada com a inovação via:

Ao contrário das políticas públicas equivocadas, esse é um processo que ocorre de dentro para fora, destruindo estruturas em operação para que sejam liberadas para novas ideias.

Investir para ter renda passiva?

Investidores estão usando este material para ganhar dinheiro no mercado de ações.
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Quais as economias mais propícias à destruição criativa?

 

Alguns fatores ajudam a identificar quais as economias que apresentam maior dinamismo:

Empreendedorismo

Uma sociedade que valoriza a formação de novos negócios é uma sociedade que promove o empreendedorismo.

Governo

Ele deve interferir o mínimo possível, assegurando o direito de propriedade e um ambiente estável de negócios.

Concorrência

A concorrência “eleva a barra” entre os seus participantes, fazendo o sistema econômico funcionar.

Cooperação

Quando a ciência encontra aplicações práticas.  A cooperação ocorre essencialmente na área de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D), fomentando parcerias entre empresas, associações e o governo.

Educação

Países como os Estados Unidos e a Alemanha já implementaram programas de estímulo ao empreendedorismo e à inovação, colocando os alunos dos cursos de Administração e de Engenharia em projetos de colaboração com as empresas.

Financiamento

Mecanismo pelo qual o desenvolvimento da capacidade tecnológica, iniciado pelo empreendedor, e bancado pelas grandes empresas, que possuem economia de escala.

Como acontece a destruição criativa no Brasil?

Comparando os itens anteriores e, dadas nossas peculiaridades, a destruição criativa ocorre com menos frequência no Brasil pelos seguintes motivos:

Empreendedorismo

Ao contrário do empreendedor de oportunidade, o país cria mais empreendedores por necessidade.

Controle seus investimentos

Baixe agora nossa planilha exclusiva!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.

Governo

O Brasil falha gravemente nesse ponto.  Um empreendedor enfrenta um longo e custoso processo para começar o seu negócio.  Uma vez em funcionamento, ele arca com uma alta carga de impostos e altos custos trabalhistas.

O quadro é agravado pelas políticas públicas adotadas, como a desoneração da folha de salários, que mantém empregos de baixa produtividade.

Concorrência

Vários estudos acadêmicos indicam que a postura da elite governante em relação à inovação é determinante para o desenvolvimento econômico.  Dito isso, somos uma economia fechada e que promove o beneficiamento individual de setores e empresas.

Cooperação

Apesar de contarmos com alguns centros de excelência, o vínculo entre eles e as empresas é bastante limitado.

Buscando referências no que é praticado no exterior, o país poderia induzir a inovação via:

Esse último ponto está diretamente relacionado ao próximo item.

Educação

Inexistência de programas de educação que preparem os alunos para que busquem soluções próprias e criativas para as demandas da sociedade.

Financiamento

Excluindo-se o crédito direcionado (BNDES), todas as demais linhas de crédito são caras em função de distorções como a assimetria de informação sobre os tomadores, os custos dos encargos regulatórios, além da dificuldade de se executar as garantias.

Qual o exemplo que melhor reflete a destruição criativa?

Se considerarmos os aplicativos de transporte, os sites de comércio eletrônico e as redes sociais, podemos concluir que a internet é o melhor exemplo de destruição criativa da atualidade.

Inicialmente usada para fins de comunicação, ela hoje permeia toda a sociedade, trazendo não só conteúdo, mas viabilizando também novos produtos e modelos de negócios.

 

Curso Dominando Fundos Imobiliários 1

Termo do dia

Regime de Metas de Inflação

O que é o regime de metas de inflação? Instrumento de política monetária, o regime de metas de inflação foi implementado no Brasil em 21 de…