Última modificação em 28 de abril de 2021

O que é Deep In The Money?

O Deep In The Money (DITM) é uma opção que tem o preço de exercício significativamente abaixo — para uma opção de compra — ou acima, nos casos de opções de venda, do preço de mercado do ativo subjacente. O valor dessa opção, então, é quase todo considerado como valor intrínseco e valor mínimo extrínseco ou de tempo com deltas no valor de 100 ou perto disso.

As opções Deep In The Money podem ser contrastadas com as Deep Out The Money que, ao contrário, não têm valor extrínseco mínimo ou valor intrínseco. Essas opções têm os seus deltas próximos de zero.

Geralmente, uma opção é considerada Deep In The Money se estiver In-The-Money (ITM) por mais de R$10. Então, se uma opção de compra se encontra nessa situação, significa que o seu preço de exercício é, pelo menos, R$ 10 menor que o ativo subjacente ou o mesmo valor a mais para uma opção de venda. Para ações com preços mais baixos, R$ 5 ou menos pode ser o nível necessário para serem consideradas DITM.

Como o Deep In The Money funciona?

Uma opção Deep In The Money pode ser definida como qualquer opção com um prazo inferior a 90 dias que tenha um preço de exercício menor que o maior preço de ação disponível. Ao mesmo tempo, uma opção com prazo de validade superior a 90 dias com preço inferior a dois strikes que o maior preço de ação disponível também é considerada como DITM.

A principal característica desse tipo de opção é o seu valor intrínseco considerável. Para calcular o valor de uma opção de compra, é necessário subtrair o preço de exercício do preço de mercado do ativo subjacente. Para uma opção de venda, seria necessário adicionar o preço de exercício ao preço do ativo.

À medida em que uma opção de compra se move mais Deep In The Money, seu delta se aproximará de 100%. Nesse delta, especificamente, cada mudança de ponto do preço do ativo subjacente tem como resultado uma mudança de preço de opção igual e simultânea na mesma direção. Por isso, essas opções são excelentes estratégias para investidores de longo prazo.

Quando usar a estratégia de Deep In The Money?

Um dos momentos em que a estratégia de Deep In The Money pode ser utilizada é quando existe o desejo de vender o stock. Isso porque, ao vender uma opção de compra DITM, é possível ganhar um pequeno prêmio de tempo extra pelas ações que o investidor venderia de qualquer maneira.

Outro momento é quando o investidor teve uma grande alta no stock e deseja proteger esses ganhos recentes. Caso ele sinta que a ação está prestes a recuar, mas não quer fazer a venda, então o indicado é vender uma opção de compra Deep In The Money. Assim que acontecer o recuo, é possível comprá-la de volta. Se, por acaso, ela não recuar e mesmo assim o desejo for mantê-la, será preciso comprar a ação de volta antes do vencimento — o que, provavelmente, acarretará prejuízo.

Quando existe a vontade de fazer uma buy-write para conseguir um rendimento maior do que seria possível conseguir em dinheiro também é uma boa hora para usar a estratégia DITM. Isso porque, a menos que a ação termine abaixo do preço de exercício no seu vencimento, o investidor consegue calcular qual será o seu rendimento antecipadamente enquanto espera que ela seja resgatada.

Como seria um exemplo de Deep In The Money na prática?

Vamos supor que um investidor adquira uma opção de compra para o mês de maio com um preço de exercício de R$ 175 já no primeiro dia do ano de 2021. O preço de fechamento dessa ação foi de R$ 210 no mesmo dia e os preços de exercício para as ações de compra de maio foram de R$ 150, R$ 175, R$ 210, R$ 225 e R$ 235.

Como o prazo da opção é maior que 90 dias, a opção de compra com o preço de exercício de R$ 150 — dois exercícios a menos de R$ 210 — é uma opção Deep In The Money. Ao mesmo tempo, essas opções provavelmente têm deltas em algum ponto na década de 1990.

Termo do dia

NCG – Necessidade de Capital de Giro

O que é NCG – Necessidade de Capital de Giro? A NCG – Necessidade de Capital de Giro – corresponde ao volume de recursos que determinada empresa precisa…