Última modificação em 6 de julho de 2020

O que é custo de estoque?

O custo de estoque se trata do cálculo que mede o investimento necessário para se manter um estoque a depender do seu volume e relaciona esses valores com o custo de oportunidade - isto é, com o valor que a empresa está perdendo por ter o capital investido em estoques ao invés de aportá-lo em outras aplicações financeiras.

Pra que serve o custo de estoque?

O custo de estoque auxilia na determinação da margem de lucro da empresa, permitindo uma melhor organização financeira.

Estoques existem para sincronizar a relação entre suprimento e demanda, permitindo ao gestor otimizar o tempo entre compra, transporte e repasse do produto até seu consumidor final. 

Possui papel incentivador sobre a economia da produção e age de maneira preventiva contra o aumento de preço. Estoques são a garantia de incontingências, além de possibilitar manter ou melhorar o nível do serviço prestado e, portanto, não podem ser menosprezados. Ainda assim, um excesso de suprimentos parados também não é benéfico, o que exige um melhor gerenciamento dessa despesa.

Como funciona o custo de estoque?

O custo de estoque funciona a partir do cálculo e soma de algumas variáveis, além do CMV (Custo de Mercadoria Vendida), como por exemplo: manutenção e armazenagem, pedido, produto, falta, serviços e riscos. 

Esses são os principais tipos de custo de estoque:

Termo do dia

Dólar Flutuante

O que é o dólar flutuante? O dólar flutuante é o termo usado para se referir à modalidade de câmbio aplicado ao dólar durante a sua…