Última modificação em 14 de junho de 2021

O que é Core CPI?

O Core CPI trata-se de uma sigla que representa o Índice de Preços ao Consumidor e é utilizado para calcular a movimentação dos índices inflacionários relativos ao que é consumido pelas pessoas. O IPC busca observar esses números de maneira mais clara possível, então, por essa razão, costuma não considerar itens como consumo de energia elétrica, combustíveis e alimentação, por exemplo, já pode apresentar grande variação de preços em curtos períodos.

Também a sensação do consumidor em relação aos preços praticados pelo mercado é levada em consideração na hora de coletar esses dados. Essa metodologia é considerada como sendo de extrema importância para a precisão dos índices, uma vez que estes são gerados a partir das variações no comportamento do cidadão em termos de maior ou menor tendência de compras.  

No Brasil, a iniciativa de medir os índices de preços ao consumidor surgiu após o sucesso observado em países desenvolvidos, que promovem discussões e cálculos cujo objetivo é analisar a inflação desde a década de 1970, com destaque nesse cenário aos Estados Unidos. 

Quais são as metodologias usadas nas análises do Core CPI?

Visando calcular, por exemplo, o custo de vida de uma determinada região, podem ser utilizados os índices de preço ao consumidor, por meio de três metodologias básicas, como apontam especialistas. As abordagens adotadas para definir o Core CPI são as seguintes:

Por exclusão

Alguns itens, como mencionado acima, são excluídos da análise, pelo fato de apresentaram, historicamente, grande variabilidade em seus custos. Além disso, a possibilidade de que os preços sejam manipulados de forma arbitrária pelo Estado também é levada em consideração para essa exclusão.

Por estatística

Lança mão de informações que constam os dados gerados para chegar a conclusões mais precisas. Esse método se mostra importante devido a sua facilidade em termos de divulgação e utilização por parte dos interessados.

Por modelagem

Trabalha com modelos que vão além da série do índice de inflação, ao contrário das duas primeiras. São utilizados os modelos chamados de multivariados para se chegar a uma conclusão a respeito da inflação, que pode ser definida de diferentes formas, a depender do pesquisador, o qual se vale de teorias da área econômica e as aplica em sua observação do comportamento dos preços a longo prazo.

Quais as vantagens de Core CPI?

Costuma-se associar os benefícios desse índice ao fato de ele ser uma grande ferramenta capaz de descrever com bastante precisão a maneira como vêm se comportando os dados inflacionários. Isso porque, de acordo com sua própria metodologia, ele exclui de suas análises itens que estão mais sujeitos a distorções, ou seja, a volatilidades.

Essa característica é importante para o país de uma maneira geral, pois, através das certezas envolvendo a inflação, é possível traçar estratégias administrativas e de solução de problemas. Enxergando de maneira clara o nível de inflação, pode-se utilizar as informações para fins de reajustes salarias, de criação de políticas afirmativas etc.

Outra área que também está diretamente ligada ao índice de preços é a que trata dos impostos. Com as taxas de inflação detalhadamente mapeadas, o Governo terá base para promover a reestruturação dos impostos, além de poder lidar com questões que tangem ao PIB e à cotação de moedas estrangeiras.

Por fim, cabe ressaltar, a fim de que os métodos utilizados fiquem ainda mais claros, que o Core CPI se baseia no comportamento econômico das populações de áreas urbanas, em detrimento das que se encontram em áreas agrícolas ou em regime de privação de liberdade. Dentre o público pesquisado, estão aposentados, desempregados, profissionais liberais, funcionários públicos e trabalhadores do setor privado.

Termo do dia

Endomarketing

Você com certeza conhece o marketing, mas e o endomarketing? Descubra o que é e como ele se relaciona com o mercado financeiro!