Última modificação em 17 de março de 2021

O que é Bull Spread?

Bull Spread é o nome de uma estratégia que pode ser aplicada no mercado de derivativos. Geralmente, os ativos utilizados são as opções, produtos que acompanham os preços de um determinado ativo-objeto (como ações, por exemplo).

As opções são muito praticadas por investidores de curto prazo, que desejam aproveitar uma movimentação específica sobre a precificação de um produto do mercado financeiro.

Isoladamente, o uso deste produto acaba por trazer ao operador um alto risco. No entanto, é possível combinar opções de compra (Call) e opções de venda (Put) para obter resultado apenas durante uma variação mais curta.

No caso da aplicação do Bull Spread, o investidor deve ter uma expectativa positiva em relação ao preço do seu ativo-objeto. Isto é, trata-se de uma situação em que há uma tendência de valorização do mesmo.

Como funciona o Bull Spread?

Para aplicação do Bull Spread é necessário que o investidor trabalhe com dois tipos de opção. A primeira delas, com menor preço, será a compra de uma opção, enquanto que a segunda, aquela que oferecer o maior preço, deve ser a venda de uma opção. Ambas devem possuir, obrigatoriamente, a mesma data de vencimento.

Neste ponto, é essencial esclarecer o funcionamento do mercado de opções. Em resumo, isso que acontece em cada tipo de situação:

Bull Spread na prática

Na prática, o que acontece é que você adquire uma opção de compra, obtendo o direito de aquisição sobre o ativo-objeto em um determinado nível de preço. Já com a venda dessa opção de compra, em data futura, deve ser sempre com um preço de exercício maior.

Desta forma, a sua posição se mantém lucrativa em qualquer aumento de preço, mas limitado ao exercício da posição de venda de uma opção de compra (quando, se atingida, você passa a ser obrigado a vender o ativo).

Por outro lado, há também uma proteção contra perdas, que são limitadas em relação a uma "compra seca", em que você não realiza qualquer tipo de proteção. 

Outro benefício está na redução de custos. Ao realizar a venda da sua opção de compra (Short Call), o prêmio da operação é antecipado e pode ser usado para abater os custos da compra da sua Call. Esse tipo de operação, portanto, torna-se mais barata no mercado de opções.

Bull Call Spread vs. Bull Put Spread: qual a diferença?

Em alguns momentos, você verá a estratégia do Bull Spread com o nome das operações no meio. Isto é, "Bull Call Spread" ou "Bull Put Spread". O que isso significa?

Em termos estratégicos, pouco muda. A diferença está, basicamente, nos tipos de opções que serão utilizadas na operação financeira. No caso do Bull Call Spread, utilizamos opções de compra. Já no Bull Put Spread, trabalhamos com opções de venda.

Os resultados e benefícios, contudo, são similares. Ao trabalhar com as Calls, você tem um lucro conforme o preço do ativo se eleva (até o limite utilizado), enquanto que as perdas se limitam ao preço de exercício da opção de compra. Já com as Puts, a lógica segue a mesma, de acordo com o preço de exercício de cada uma das opções.

Termo do dia

Ciclo de Vida do Produto (CVP)

O que é o Ciclo de Vida do Produto? Qualquer produto lançado no mercado está sujeito a 4 estágios: Introdução: poucas pessoas compram; Crescimento: mais pessoas…