Logo Mais Retorno
termos

Ativo Circulante: saiba o que é e quais elementos o compõem

Autor:Equipe Mais Retorno
Data de publicação:21/01/2019 às 13:42 -
Atualizado um ano atrás
Compartilhe:

O que é o ativo circulante?

O termo ativo circulante representa os ativos de uma companhia que podem ser facilmente vendidos, consumidos, utilizados e exauridos através de operações negociais.

O ativo circulante aparece logo no topo do Balanço Patrimonial e representa valores de alta liquidez, ou seja, que facilmente se transformam em dinheiro. Ele inclui: o próprio dinheiro e seus equivalentes, conta em banco, contas a receber, estoques, aplicações financeiras e etc.

Ele representa o conjunto de bens e direitos conversíveis em dinheiro dentro de curto prazo. O ativo circulante também é conhecido como AC e, no final do exercício seguinte, fará parte da formação do capital circulante líquido - CCL.

O ativo não circulante contrasta com os demais ativos devido ao fato de não ser tão fácil para eles serem conversíveis em dinheiro como o AC.

O que é ativo não circulante?

A grande diferença entre o ativo circulante para o não circulante é a liquidez imediata e o fato de que o segundo é de permanência mais longa na entidade e são destinados para o funcionamento dela.

Ativo não circulante também pode ser chamado de ativo permanente. Ele é composto por:

  • Investimentos;
  • Imobilizado;
  • Intangível;
  • Realizável a Longo Prazo.

Quais elementos compõem o ativo circulante?

O AC é composto por diversas contas contábeis dentre elas temos:

  • Matéria-prima;
  • Estoques;
  • Produtos inacabados;
  • Contas a receber dentro de 1 ano;
  • Depósitos Bancários;
  • Reserva de caixa;
  • Aplicações financeiras de curto prazo.

O ativo circulante é importante para a empresa porque ela pode utilizar dos fundos disponíveis em operações diárias e também para pagar despesas corriqueiras.

Entretanto, os devidos cuidados devem ser tomados quando da qualificação dos ativos passíveis de serem liquidados em um período menor que 1 ano.

Fórmula do ativo circulante

A fórmula a ser seguida do AC é a que colocamos abaixo:

Ativo circulante = dinheiro + equivalentes em dinheiro + inventário + recebíveis + títulos negociáveis + despesas antecipadas + outros ativos líquidos.

Todos esses valores frequentemente aparecem no Balanço Patrimonial da companhia.

Para que serve o ativo circulante?

Ele serve para operações diárias das companhias que precisam ter dinheiro em caixa rapidamente para suas obrigações.

Adicionalmente, credores e investidores mantêm uma maior atenção ao ativo circulante e seu valor, por causa da possibilidade de uma empresa examinada ter o risco de ser insolvente.

Por que o ativo circulante importa?

Ele é importante tanto para a empresa, como para os investidores, porque indica o quanto de dinheiro pode ser utilizado em caso de urgência. Ele indica o quanto de fundos estão preparados para o pronto uso.

Você sabe por que os investidores estão de olho no AC? Simplesmente porque se uma empresa X deve 1.000 reais, mas no curto prazo o seu capital circulante líquido - soma dos ativos circulantes e subtração dos passivos circulantes - é menor que isso, significa dizer que esta empresa não vai ter dinheiro para pagar suas obrigações.

Fazendo uma comparação simples, empresas cujo AC ultrapassam o passivo circulante, no mínimo, possuem a grande possibilidade de solvência - de poderem quitar suas dívidas de curto prazo.

E isso é muito requerido quando estamos fazendo análise fundamentalista de uma empresa.

Os investidores tendem a observar este dentre outros aspectos, porque se logo de cara uma empresa apresenta dificuldades financeiras, isto quer dizer que ela não se sustentará por muito tempo.

Por esse motivo saber estes pormenores ajudam na hora de investir em ações, por exemplo.

Sobre o autor
Autor da Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

® Mais Retorno. Todos os direitos reservados.

O portal maisretorno.com (o "Portal") é de propriedade da MR Educação & Tecnologia Ltda. (CNPJ/MF nº 28.373.825/0001-70) ("Mais Retorno"). As informações disponibilizadas na ferramenta de fundos da Mais Retorno não configuram um relatório de análise ou qualquer tipo de recomendação e foram obtidas a partir de fontes públicas como a CVM. Rentabilidade passada não representa garantia de resultados futuros e apesar do cuidado na coleta e manuseio das informações, elas não foram conferidas individualmente. As informações são enviadas pelos próprios gestores aos órgãos reguladores e podem haver divergências pontuais e atraso em determinadas atualizações. A Mais Retorno, seus sócios, administradores, representantes legais e funcionários não garantem sua exatidão, atualização, precisão, adequação, integridade ou veracidade, tampouco se responsabilizam pela publicação acidental de dados incorretos.
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos, ilustrações ou qualquer outro conteúdo deste site por qualquer meio sem a prévia autorização de seu autor/criador ou do administrador, conforme LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
® Mais Retorno / Todos os direitos reservados