Última modificação em 17 de dezembro de 2020

O que é Anbid?

A Anbid (Associação Nacional dos Bancos de Investimento) foi uma entidade criada com o objetivo de certificar e capacitar profissionais que atuavam no mercado de capitais. Além disso, também reforçava a atuação das instituições financeiras no processo de desenvolvimento econômico do Brasil.

Por tudo isso, era considerada uma entidade de classe. Muito mais que representar interesses dos associados, a Anbid regulamentava as atividades que eram desempenhadas por eles. Em vários casos, até trazia regras mais rígidas que as da legislação em vigor da época.

Fundada em 1967 pouco tempo depois da regulamentação do mercado de capitais no país, sua sede ficava na cidade do Rio de Janeiro. Seu foco, a princípio, era articular e representar os bancos de investimento em atividade. Em 1990, porém, a associação mudou seu rumo e passou a representar todas as atividades que fossem relacionadas às instituições financeiras no geral.

Por que a Anbid foi tão importante?

A Anbid, de forma geral, exercia um papel fundamental para todos os profissionais atuantes no mercado financeiro, mas não era só isso. Ela também auxiliava quem investia nesse setor. Sua meta era tornar ainda mais claro e ético o funcionamento de todas as operações. Com isso, ela representou um grande avanço para a área e, até hoje, toda a sua contribuição é bastante lembrada e reconhecida.

Entre as contribuições que essa instituição trouxe enquanto ainda atuava, é possível citar:

Além disso, graças à existência dos Conselhos de Regulação e Melhores Práticas, as regras elaboradas pela Anbid eram imparciais. Com isso, foi possível criar regulamentações bastante precisas e livres de interferências, o que garantia uma abordagem dentro dos parâmetros ideais.

Como a Anbid atuava no mercado?

Uma das principais atribuições da Anbid era oferecer certificações aos profissionais da área e fazia isso por meio de um CPA (Programa de Certificação Continuada). O objetivo era aumentar a capacitação dos profissionais da área do mercado de capitais que precisavam lidar com investidores diretamente.

Já naquela época, o CPA tinha duas diferentes categorias e a primeira delas era o CPA-10. Esse programa era voltado para pessoas comercializavam produtos de investimento e abrangia tanto os profissionais atuantes em agências bancárias quanto os que atuavam em cooperativas de crédito. Era preciso, porém, que todos eles trabalhassem diretamente com seus clientes, mesmo que à distância.

A segunda categoria era o CPA-20, que atuava como um upgrade a primeira opção. Voltada para profissionais que vendiam produtos de investimento para clientes como investidores institucionais, de varejo de alta renda e outros desse nível, o profissional que tem essa certificação é responsável por cuidar de um perfil mais elevado.

Quando e porque a Anbid deixou de existir?

A Anbid, como instituição solo, deixou de existir no mês de outubro de 2009. A sua extinção se deu por conta de uma evolução natural do mercado — e das próprias entidades que ela sempre representou. Aqui, é preciso destacar que o seu fim também é marcado pela sua fusão com a Andima (Associação Nacional das Instituições do Mercado Financeiro).

O resultado da junção dessas duas instituições foi a criação da Anbima  (Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiros e de Capitais. Essa nova associação manteve os mesmos objetivos, porém reúne diferentes empresas do setor, como administradoras, corretoras de valores, gestoras de investimentos, bancos e mais.

O modelo de atuação e de organização da Anbima é bem parecido com o da Anbid e é pautado nos pilares de informar, autorregular, educar e representar. Para que isso seja possível, ela conta com bons princípios, como normas, costumes, regimentos, probidade, cumprimento de leis e boa-fé.

Termo do dia

DMPL – Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido

Entenda o que é a DMPL, a Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, e qual a importância desse relatório.