Alexander Hamilton

Última modificação em 14 de Setembro de 2021 às 04:20

Quem foi Alexander Hamilton?

Alexander Hamilton foi um personagem extremamente importante dos Estados Unidos, sendo um dos protagonistas na fundação do país norte-americano.

É considerado um dos pais fundadores dos Estados Unidos, tendo atuação direta na Guerra da Independência e ocupando o cargo de primeiro Secretário do Tesouro.

Teve toda história e carreira muito ligada à literatura, economia e política, campos nos quais conquistou destaque e relevância, mas também acabou criando alguns inimigos — que levariam, inclusive, à morte de Hamilton.

A infância de Alexander Hamilton

De forma até um tanto quanto irônica, contudo, Hamilton não nasceu nos Estados Unidos, mas sim na Ilha de Nevis, em 1755. Sua infância foi bastante conturbada, a começar pelo fato de que ele nasceu de uma relação entre duas pessoas que não eram casadas — algo que, na época, não era permitido.

Os desafios logo seriam maiores. Aos treze anos, Alexander Hamilton estava órfão: seu pai o havia abandonado, enquanto que sua mãe viria a falecer fruto de uma doença.

Assim, Hamilton foi obrigado a estudar e se desenvolver sozinho. Amante dos livros, ele recebeu vários exemplares de um amigo da família e passou a se destacar por um nível cultural bem acima do que seria normal para um garoto da sua idade.

Como Alexander Hamilton foi para os Estados Unidos?

A chegada de Alexander Hamilton aos Estados Unidos teve um roteiro um tanto quanto inusitado. Dado o seu conhecimento cultural acima da média, ele logo começou a se destacar.

No entanto, foi por meio de uma tragédia que Hamilton ganhou popularidade. Um artigo seu sobre um furacão que atingiu a Ilha de Nevis foi destacado pelo jornal Royal Danish Public Gazette, algo que despertou a atenção da comunidade, que resolveu enviá-lo para o que então se chamava de Colônias da América.

Por lá, o objetivo era que Alexander Hamilton pudesse continuar com seus estudos. Inicialmente, foi o que ele fez: ingressou no King's College, em Nova York. Entretanto, ele viria a largar seus estudos para dedicar-se à carreira política.

Alexander Hamilton na Guerra da Independência

Neste período como estudante, Alexander Hamilton já começou a promover ideias de movimentos de independência por meio de textos anônimos. Contudo, sua participação não seria apenas teórica, pois ele atuou diretamente na Guerra da Independência e chamou a atenção de George Washington, que viria a ser o primeiro presidente dos Estados Unidos.

Após a conquista da independência, Hamilton também teve um papel importante na economia do país recém-liberto, sendo nomeado como o primeiro Secretário do Tesouro dos Estados Unidos. Entre suas principais atribuições na função, Hamilton contribuiu com a construção de um sistema financeiro equilibrado, resolveu a dívida pública do país e colaborou com a fundação do Banco de Nova York.

A morte de Alexander Hamilton

O final da vida de Alexander Hamilton foi marcado por eventos políticos, assim como boa parte da sua carreira. Tudo começou na eleição de 1800, quando Thomas Jefferson e Aaron Burr disputavam as eleições presidenciais.

Na oportunidade, Thomas Jefferson acabou sendo o vencedor e, embora fosse um inimigo político histórico de Hamilton, recebeu o seu apoio. O episódio se repetiria nas eleições governamentais, algo que incomodou demais a Aaron Burr, que se sentiu perseguido.

Assim, Burr resolveu desafiar Hamilton a um duelo. Apesar de não ser uma prática legalizada, esses duelos aconteciam e foi assim que Alexander Hamilton veio a falecer, após receber um tiro, no ano de 1804.

Por algum tempo, os feitos de Alexander Hamilton ficaram "esquecidos" na história, talvez um preconceito pela sua origem pobre e imigrante. Contudo, ela foi retomada recentemente e, inclusive, virou um musical da Disney.

O programa econômico de Alexander Hamilton nos Estados Unidos

Como vimos, Alexander Hamilton foi o primeiro Secretário do Tesouro. Com isso, muitas das ideias que colocaram os Estados Unidos no topo financeiro global devem-se a ele.

Em primeiro lugar, precisamos lembrar que qualquer conflito armado custa muito caro aos seus participantes. E, ao assumir as finanças dos Estados Unidos, Hamilton tinha um grande desafio pela frente.

Sua postura foi de buscar o protecionismo, algo que inclusive rendeu a alcunha de "monarquista" por opositores da época. No entanto, essa posição foi essencial no lançamento de ações que marcaram o seu programa econômico.

Entre as ações que mudaram o rumo da economia estadunidense, podemos destacar o lançamento de um banco nacional que centralizou as dívidas estaduais. Hamilton entendia que era essencial oferecer um bom perfil de crédito para fortalecer o câmbio algo que vale até hoje. E, para isso, pagar os credores da guerra era essencial.

Além disso, como pioneiro no cargo de um país recém liberto do seu colonizador, Hamilton também foi responsável pelo lançamento do primeiro orçamento nacional, assim como a criação do primeiro sistema financeiro.

Glossário de Finanças e Investimentos

Pesquise a(s) palavra(s) navegando pelo alfabeto abaixo