ACE

Última modificação em 12 de Janeiro de 2021 às 08:51

O que é ACE?

A sigla ACE abrevia o termo "Adiantamento sobre Cambiais Entregues", que corresponde a um mecanismo de financiamento exclusivo para empresas exportadoras.

A partir do próprio termo é possível obter uma definição bem clara sobre esse instrumento operacional. No mercado internacional, a palavra "cambial" representa todos os bens e produtos que são comercializados.

Note que o ACE se trata de um adiantamento financeiro sobre produtos já entregues, ou seja, que já foram produzidos e embarcados. Isso significa que, ao solicitar tal adiantamento, a empresa exportadora tem o objetivo de receber pelo seu serviço antes mesmo do produto chegar ao destino final e ser pago pelo cliente.

Normalmente, uma exportadora solicita o ACE quando o prazo de entrega e respectivo pagamento pelo produto é superior a 30 dias.

Tendo em vista a importância do comércio internacional, o ACE existe para facilitar e estimular a exportação das produções nacionais, pois assim o Brasil recebe moedas estrangeiras com maior facilidade.

Quando se diz respeito a importação, por exemplo, já não existem tantos recursos que concedam crédito - pelo contrário, há milhares de impostos sobre a operação, justamente para evitar que o país gaste as moedas estrangeiras que detém.

Como o ACE funciona?

Esse sistema de financiamento é realizado entre a empresa exportadora e uma instituição financeira.

Vamos exemplificar para que a compreensão fique mais fácil: você está vendendo uma tonelada de café para uma indústria americana no valor de US$10.000,00, enquanto nós faremos o papel da instituição financeira, certo?

Suponhamos que você levou cerca de 30 dias para produzir o café. Para comerciá-lo e fechar negócio com a indústria americana foram mais 10, para despachar o produto demoraram mais 15 dias e por fim, ele chegará ao destino final a contar de mais 40 dias.

Isso significa que, a partir do momento que a produção começou, a sua empresa já desembolsou dinheiro. Entretanto, só irá receber pelo café num prazo total de 90 dias. Sendo assim, o caixa ficará "desfalcado" durante tempo, até que entre capital novamente.

A fim de solucionar essa questão, você nos procurou e solicitou um ACE. Levando em consideração que esse adiantamento só pode ser aplicado sobre cambiais já entregues, nós conseguiremos te ajudar a partir do momento onde faltam 40 dias para que o seu cliente receba e pague pelo café.

Nós, enquanto instituição financeira, iremos analisar o seu perfil e caso o crédito seja aprovado, o caixa da sua empresa poderá ficar "desfalcado" apenas por 45 dias, ao invés dos 90, entende? Então, quando você receber pelo café, poderá pagar o empréstimo concedido.

Há algumas questões sobre esse trâmite que precisam estar esclarecidas: o empréstimo concedido a você deve ser realizado na mesma moeda de exportação. Ou seja, como se trata de uma indústria americana e a sua empresa receberá em dólar, o financiamento com o banco deverá ser feito em dólar também.

Além disso, a instituição financeira jamais poderá conceder um crédito acima do valor da exportação, apenas abaixo. Nesse caso, você negociou o café por US$10.000,00, mas poderá solicitar um financiamento inferior ao valor total caso queira. O solicitante da ACE quem decide.

Como qualquer outra modalidade de financiamento, certamente há uma porcentagem de juros a ser cobrada pela instituição financeira nessa essa operação - especificamente conhecida como deságio, quando se trata de ACE. 

Por essa razão é interessante que as possibilidades de ganhos e perdas sejam muito bem avaliadas antes de solicitar um Adiantamento sobre Cambiais Entregues, afinal, se o exportador optar por financiar o valor total, deverá ter um bom plano para não sair no prejuízo com a falta de lucratividade no serviço prestado.

Glossário de Finanças e Investimentos

Pesquise a(s) palavra(s) navegando pelo alfabeto abaixo