Empresa

Microsoft (MSFT34) é uma empresa mundialmente conhecida do ramo da informática. Foi fundada pelos empresários Bill Gates e Paul Allen conseguiu se consolidar como uma das mais importantes do setor. Continue lendo para entender mais sobre essa marca.

Quem é a Microsoft (MSFT34)

O negócio surgiu em 1975, com o intuito de ser uma das pioneiras no ramo. Seu primeiro item foi uma versão do interpretador BASIC para o computador ALTAIR 8800. Nos anos seguintes, ela lançou o Windows, um sistema operacional que se tornou seu maior produto.

A Microsoft (MSFT34) fez com que a ideia de todos termos um computador fosse real. Ela trouxe inovação para o seu segmento e se firmou nele. Por isso, conseguiu ter alcance mundial e se estabilizou no mercado financeiro em que atua.

Hoje em dia sua imagem é associada a muito lucro, liderança e ações de alto valor. É considerada sólida por ter mais de 30 anos de existência na Bolsa de Valores. Logo, chama muita atenção dos investidores ao longo de todo o mundo.

Como os seus serviços e produtos possuem um fluxo natural a marca institui políticas de sustentabilidade. Seu principal conceito hoje é capacitar as pessoas e organizações para conquistar o sucesso.

História da Microsoft (MSFT34)

A Microsoft (MSFT34) foi fundada em 1975 para vender um sistema de computador para a MITS. Ela foi criada devido a uma publicidade da revista Popular Electronics que divulgava o Altair 8800. Assim, os jovens viram uma oportunidade de fazer parte dessa história.

Os dois fundadores eram apenas estudantes de Harvard na época, sem graduação concluída. Mas, ainda assim tiveram seu projeto aceito pela empresa responsável pelo produto final.

No ano seguinte eles já lançaram o FORTRAN para outros tipos de máquinas. Já em 1977, a marca firmou um acordo com a revista ASCII, do Japão. Com isso, ela conquistou o seu primeiro escritório internacional com apenas dois anos de vida.

Depois de alguns anos a sede da Microsoft (MSFT34) mudou-se para Bellevue, em Washington. Em 1980 entrou de vez para o ramo de sistemas operacionais e foi reconhecida pela IBM.

Nessa época lançou o Xenix, uma versão própria do que já havia disponível no setor. Além disso, a empresa resolveu contratar Steve Ballmer para fazer parte da companhia. A partir de então ele começou a ser adotado como padrão para os computadores.

Sua área de publicações digitais foi criada em 1985, sendo uma das pioneiras no setor. A Microsoft (MSFT34) abriu seu capital na bolsa em 1986.

O Windows na Microsoft

Em 1990 o Windows foi lançado como um sistema de interface gráfica para as máquinas. Três anos depois o modelo 3.0 foi lançado. Sendo que essas versões venderam mais de um milhão de cópias mensais.

A Microsoft (MSFT34) depois do Windows

O lançamento desse sistema mudou a história da empresa e do nosso relacionamento com computadores. No ano de 1995, ele já estava presente em cerca de 98% dos PC’s do mundo.

Cronologia das interfaces

Em 1996 foi lançado o Windows NT que incluiu o Internet Explorer de modo gratuito. Depois disso, a Microsoft (MSFT34) lançou as seguintes atualizações do sistema Windows:

Com essas atualizações a marca conquistou cada vez mais o mercado e se firmou como uma potência. Hoje em dia tem números que causam admiração em qualquer pessoa que queira começar a investir.

No ano de 2018 a Microsoft (MSFT34) arrecadou US$ 110,4 bilhões em receita bruta. Assim, seus acionistas foram recompensados por US$21,5 bilhões de dividendos. Por isso, mesmo com muito tempo no mercado, continuou chamando atenção de novos investidores.

Estrutura organizacional da Microsoft (MSFT34)

É uma empresa de tecnologia que desenvolve e vende softwares. Dessa forma, cria soluções para clientes físicos e para organizações. Sua aplicação vai além do sistema operacional, ele oferece:

A marca ainda tem fábricas especializadas em:

Hoje em dia a sede da Microsoft (MSFT34) fica em Redmond, em Washington. Ela possui escritórios de venda em vários países pelo mundo. Seus principais laboratórios de pesquisa e desenvolvimento estão em:

Como a empresa se organiza atualmente

Seu CEO atual é Satya Nadella, que sucedeu Steve Ballmer. Em 2013 ele resolveu reorganizar a empresa para que ela se tornasse mais rápida e alinhada. Dessa forma, passou a operar quase totalmente como um negócio em nuvem.

O diretor geral é o maior nome da marca, sendo responsável pelas ideias gerais dela. Mas a Microsoft (MSFT34) tem um tipo de organização própria em cada país em que atua. Todas elas são subordinadas à sede americana.

No Brasil, a CEO é Tania Cosentino, reconhecida pela ONU por sua preocupação com a sustentabilidade. Nessa nação ela não possui conselho de administração, mas possui 12 diretorias vinculadas à presidência.

A equipe efetua ciclos de avaliação de desempenho e cria meios de melhorar suas falhas. Assim, seus encontros geram ideias e feedbacks sobre as atitudes atuais e futuras da organização.

Gestão administrativa da Microsoft (MSFT34)

Em 2021 o CEO da Microsoft (MSFT34), Satya Nadella, tornou- se também presidente do conselho. Ele assume a posição que até então pertencia a Bill Gates. Isso ocorreu devido ao pedido de saída do antecessor e aos bons resultados do CEO.

Desde que assumiu seu cargo atual, Nadella focou em restaurar a empresa. Fez com que a computação em nuvem se tornasse a maior forma de trabalho. Assim, a organização alcançou o posto de terceira maior do mundo. Com valor de mercado de US$ 1,9 trilhões.

O segundo maior nome da marca atualmente é John Wendell Thompson, diretor independente principal. Ambos têm um relacionamento próximo com muitas reuniões e trocas de conhecimento.

Hoje em dia a Microsoft (MSFT34) tem uma proposta de se tornar mais prática e sustentável. Portanto, suas políticas são focadas em diminuir a quantia de produtos físicos. Mas, ao mesmo tempo, manter um bom patamar de segurança para seus clientes.

Negócios e áreas de atuação da Microsoft (MSFT34)

A Instituição tem várias áreas de atuação que se relacionam com tecnologias diferentes. Ela tem diversos produtos que são oferecidos para atender a necessidade de empresas e pessoas. Alguns de seus negócios mais consolidados são listados a seguir.

Windows

Sistema operacional para PCs que tem ampla utilização em computadores pessoais e organizacionais. É o principal produto da instituição, tendo mais de 40 anos no mercado.

Pacote Office

Um conjunto de programas destinados ao trabalho em máquinas. Ele oferece alternativas para produzir:

Xbox

É um dos produtos mais recentes no portfólio da Microsoft (MSFT34). Trata-se de uma família de videogames, lançados para competir com o Playstation. Um de seus principais diferenciais é a presença de sensor de movimento que torna os games interativos.

Bing

O buscador oficial da marca, criado para ser uma opção ao Google. Ele não faz tanto sucesso quanto seus autores gostariam, mas tem ganhado um certo público.

Celulares

Após se unir com a Nokia, a organização passou a participar desse segmento. No começo utilizava o Windows Phone como sistema, mas recentemente passou a adotar o Android. A mudança se deu para facilitar as operações e popularizar os produtos.

Skype

É um software de comunicação online da Microsoft (MSFT34), onde pode-se realizar chamadas. O modelo existe há algum tempo, para pessoas físicas e empresas. Porém, estava esquecido e ganhou espaço com o início da pandemia e o aumento do home office.

Concorrentes da Microsoft (MSFT34)

Por estar presente em muitas áreas, a marca compete com um grande número de organizações. Muitas delas são os principais nomes em seus setores de atuação. Portanto, o nível tende a ser o mais alto do mercado.

Tanta competição é uma estratégia útil para a Microsoft (MSFT34). Pois, em 2004 ela foi processada pela União Européia por ser pró-monopólio. Essa situação lhe rendeu uma multa de 899 milhões de euros e a fez repensar algumas estratégias de mercado.

Atualmente cada um de seus produtos possui ao menos duas grandes concorrentes. O que garante que as acusações não sejam mais repetidas e evita perdas bilionárias. Alguns de seus principais rivais são:

Qualquer negócio que desponte no segmento com produtos similares é considerado um oponente potencial. Logo, a instituição se preocupa em manter um alto nível de produtos e inovações.

Evolução das ações da Microsoft (MSFT34)

A Microsoft (MSFT34) tem uma valorização considerável ao longo de sua vida. Quando abriu essa opção em 1986, uma ação sua custava cerca de U$0,10. Já chegou a ser negociada por volta de US $210,00.

Nos últimos anos teve uma sequência de resultados positivos, mesmo com mudanças de direção, escândalos e pandemia. O que demonstrou o quanto ela é sólida no mercado financeiro atual.

Seu valor atual é superior ao PIB de muitos países inteiros. Ela é a atual terceira maior empresa do mundo e deve se manter nesse ranking por alguns anos. Já que no último resultado divulgado apontou que a pandemia conseguiu fortalecê-la.

Resultados recentes

Isso aconteceu devido a alta demanda de nuvem que estudantes e trabalhadores tiveram. O que tornou seus serviços mais procurados e utilizados.

O Azure - serviços de armazenamento da Microsoft (MSFT34) cresceu cerca de 47% no trimestre atual. No anterior, foi registrado um aumento de 59% em sua demanda. Assim, todos os esforços recentes estão se tornando válidos.

Durante a pandemia, mais clientes corporativos passaram a adotar o Office percebendo a eficiência do pacote. Com isso a receita da empresa aumentou 12% e o lucro líquido obtido cresceu 30%.

Outros setores da marca também conseguiram crescer no período e de forma geral suas ações subiram. Em 18 de junho de 2020 elas valiam 43,67 BRL, na mesma data de 2021 seu preço era de 54,84. Um aumento de 25,58% no intervalo de apenas um ano.

Gráfico de ações da Microsoft (MSFT34)

Para que seja mais fácil visualizar como as ações da Microsoft (MSFT34) tem se comportado, veja os gráficos. Eles foram elaborados para resumir as análises de mercado atual.

Último mês

Nesse período a organização apresentou uma pequena queda em seus valores. Isso ocorreu com mais força entre o final do mês anterior e o início desse. Porém nas últimas três semanas os resultados voltaram a subir de forma considerável.

Último semestre

A Microsoft (MSFT34) teve um salto interessante de 14,63% nos últimos seis meses. Sua principal alta foi entre abril e maio de 2021. Os números finais apresentaram 7,04 a mais no valor de suas ações, fechando em 55,13 BRL.

Último ano

No último ano a marca cresceu 25,48%, um aumento de 11,20 BRL em seu preço. Esse valor representou uma divisão de lucro considerável aos seus acionistas. Tais números serão expostos a seguir.

Dividendos da Microsoft (MSFT34)

A Microsoft (MSFT34) tem cerca de US$ 137 bilhões em caixa. Suas dívidas ficam na casa de US$ 84 bi, o que significa um valor líquido de US$ 53,6 bilhões. Assim, um dos aspectos mais válidos para quem quer investir é positivo.

Em 2019 entregou aos seus acionistas 60% de lucros. Já no último trimestre 2T21 retornou US$ 95 bilhões aos investidores. O número representa 21% a mais do que no mesmo período do ano anterior.

Com bons resultados ela foi uma das líderes de indicações no mês de Junho. De acordo com a Safra a Microsoft (MSFT34) tem tido eficiência de escala. O que deve fazer suas margens operacionais continuarem a subir.

Atualmente os seus dividendos são de cerca de 0,56 por ação. Eles são pagos quatro vezes no ano. A empresa tem tido estabilidade em seus pagamentos, sem atrasos ou diminuições. Seu rendimento médio anual, hoje em dia, é de 1,82%.

Como investir na Microsoft (MSFT34)

A Bolsa de Valores do Brasil (B3), comercializa a Microsoft (MSFT34) como uma BDR. A sigla significa Brazilian Depositary Receipts, trata-se de ativos que representam investimentos estrangeiros.

Quem compra uma BDR participa do negócio que está em outro país. O que lhe dá direito a receber os dividendos distribuídos por ele. Sua principal diferença é que o investidor não é dono da ação. Ele faz parte de um fundo de investimentos, possuindo cotas.

Para comprar as ações é preciso ter uma conta em corretora de valores autorizada pela Comissão de Valores Mobiliários. A modalidade está disponível para profissionais da área ou quem tem um alto valor aplicado.Outras formas são apresentadas a seguir.

Conta internacional

É possível ter uma parte da Microsoft (MSFT34) sendo cliente de uma agência internacional. Para isso, é preciso se registrar em alguma delas e verificar se elas oferecem a sigla da empresa como um de seus investimentos.

Pacotes empresariais

Outra solução é comprar um pacote que tenha fundos de tecnologia e ETFS. Vários deles possuem partes da marca entre eles. Mas, nesse caso, os dividendos serão pagos tendo como base uma média de todas as organizações que participam.

Dentre essas opções, a mais rápida e com maior demanda costuma ser a BDR. Porém como tem algumas regras que não atende a todos, os investidores preferem a conta internacional.

Vale a pena investir na Microsoft (MSFT34)?

Há alguns anos as ações da Microsoft (MSFT34) tem mostrado ser lucrativas. No período entre 2018 e 2021 quebrou vários recordes de aumento de valor. Essas valorizações a tornaram uma das empresas mais estáveis para se investir no ramo de tecnologia.

Benefícios do investimento

É uma instituição que consegue mesmo em meio a crises manter um bom caixa. Isso auxilia a possuir um lucro crescente em torno de suas partes. Além disso, possui dívida negativa, um atrativo que mesmo outras grandes marcas não conseguem.

Os seus produtos ganharam ainda mais público em meio a pandemia. O que foi fruto de um trabalho estratégico de consolidar a marca e oferecer conteúdo importante. Ela é conhecida por sua qualidade e segurança, então sua demanda tem crescido cada dia mais.

Dados financeiros

No último ano a Microsoft (MSFT34) lucrou 21% a mais do que no período anterior. Com uma receita de 21,5 bilhões de dividendos pagos no 1T21 aos seus investidores. Sendo que na mesma época de 2020, o valor foi de US$10,8 bilhões.

É interessante lembrar que ao longo dessas datas o mundo todo viveu um cenário de crise mundial. Porém, mesmo com a pandemia, a empresa se manteve em alta e competitiva. O que se deve aos seus produtos e serviços de qualidade e também a ótima gestão atual.

Quem segue estratégias de longo prazo como a buy and hold vê na Microsoft (MSFT34) uma boa oportunidade. Porém, para tradings pode ser mais difícil obter um retorno considerável.

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Empresa
Empresa
Renda Variável
Empresa
Veja mais Ver mais