Renda Variável

A Petrobras é uma companhia brasileira de capital misto fundada em 1954, cujo acionista majoritário é o Governo Federal. Em resumo, a empresa é a maior companhia petrolífera com ações que são negociadas na bolsa de valores da América Latina, incluindo países como Colômbia, Peru, Chile, Argentina e Brasil.

Em operação nas mais variadas regiões, sua atenção está direcionada para a exploração, produção, refinamento, comercialização e transporte de petróleo e derivados, como o gás natural. Já na Bolsa de Valores Brasileira, chamada de B3, a Petrobras figura entre as primeiras posições no ranking de empresas com maior valor de mercado.

Por se tratar de uma das principais companhias de petróleo do mundo, a Petrobras é uma empresa muito conhecida. Entretanto, apesar de ter números impressionantes, os últimos anos foram marcados por escândalos ligados à corrupção. Por outro lado, mesmo diante de um crescimento aquém do esperado, é muito comum que os ativos da empresa sejam também um dos mais negociados na bolsa. 

Não é demais lembrar que a companhia tem grande potencial de crescimento, logo, ela gera excelentes oportunidades tanto para investidores iniciantes quanto para os mais experientes. Por isso, se você pretende apostar suas fichas na empresa que descobriu as maiores reservas naturais do país, mas não sabe por onde começar, veio ao lugar certo.

Neste post você vai entender um pouco mais sobre a Petrobras e conferir alguns detalhes indispensáveis para se tornar um investidor de sucesso. A seguir, falaremos sobre:

  • Qual valor mínimo para investir em ações da Petrobras?
  • Como investir em ações da Petrobras?
  • Qual valor mínimo para investir em ações da Petrobras?
  • Quanto rende investir em ações da Petrobras?
  • Vale a pena investir em ações da Petrobras?
  • Qual a melhor opção de ações da Petrobras para começar a investir?

Como investir em ações da Petrobras?

Confira o passo a passo que preparamos para ajudá-lo a ser bem-sucedido em sua estratégia de investimentos:

Faça um estudo da empresa

Como já destacamos anteriormente, a Petrobras vem de uma fase muito conturbada, provocada em grande parte pela má administração, mas também com uma parcela de culpa no atual cenário político. Contudo, a partir das mudanças aplicadas no comando da empresa, pudemos observar uma importante retomada de crescimento.

Por óbvio, entender o contexto de uma empresa é um passo crucial para começar a investir corretamente. Sendo assim, ao decidir comprar ações da Petrobras, verifique seu histórico. Procure dados relacionados às dívidas, margem de lucro, patrimônio e receita — esses são apenas alguns exemplos de parâmetros que você pode utilizar para começar a investir, porém, você pode estabelecer outros critérios que achar importante.

Abra uma conta em uma corretora de valores

Para investir no mercado de ações é preciso ter uma conta em uma corretora de valores. Isso acontece porque apenas esse tipo de instituição financeira pode operar na bolsa, intermediando as negociações de compra e venda de ativos por meio de um sistema home broker.

Escolha seus ativos e faça um aporte

Agora que você já analisou o cenário e abriu uma conta na sua corretora preferida, é hora de enviar o dinheiro para sua conta e começar a investir. Para tanto, basta realizar uma Transferência Eletrônica de Ordem de Crédito (TED) de mesma titularidade. Finalmente, é preciso escolher os ativos que deseja adicionar a sua carteira, definir o aporte e enviar a ordem de compra para a corretora.

Qual valor mínimo para investir em ações da Petrobras?

As ações da Petrobras podem ser negociadas na B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), anteriormente conhecida como BM&FBovespa ou apenas Bovespa. Em tese, não há um limite mínimo para investimento em ativos da empresa. Isso porque é possível adquirir ações preferenciais ou ordinárias através de lotes fracionários.

Nesse caso, para adquirir entre 1 e 99 ações, basta recorrer ao mercado fracionário da bolsa de valores. Dessa forma, será possível pagar por um preço mais acessível, já que não é mais obrigatório investir em um lote com 100 ações de uma só vez. O detalhe é que o valor de cada ação difere da cotação original, porém, não ao ponto de comprometer o investimento.

Por outro lado, é preciso considerar os custos envolvidos nesse tipo de aplicação para que assim, o lucro obtido na negociação dos ativos não inviabilize aportes menos expressivos. Portanto, recomenda-se analisar também as despesas com corretagem, emolumentos, ISS, entre outros.

Quanto rende investir em ações da Petrobras?

Para garantir uma boa rentabilidade no mercado de ações é preciso apostar nos papéis de empresas consolidadas, isto é, que apresentam boa linha de crescimento e margem de lucro. Além disso, investimentos de renda variável são aconselháveis para aqueles que não tem pressa para vender os seus ativos, já que assim é possível otimizar sua margem de lucros.

Dito isso, os investidores devem estabelecer alguns critérios para avaliar uma companhia, seus fundamentos e, assim, não ter uma preocupação tão latente em relação às oscilações de curto prazo, afinal, isso se trata de uma prática muito comum na cotação de ações da bolsa.

No caso da Petrobras, os investidores podem ver o seu aporte render de diferentes formas, desde a valorização das ações a longo prazo até o recebimento de proventos originários nos dividendos ou dos Juros Sobre Capital Próprio (JCP) — já que as empresas dividem um percentual de lucros para todos os seus acionistas, conforme estabelecido pelo Estatuto Social da Companhia.

Por fim, vale destacar que quem compra ações, acaba se tornando um investidor acionista, ou seja, se torna sócio da empresa. Desse modo, ao comprar uma pequena parcela da Petrobras, sempre que os seus resultados forem expressivos, você estará lucrando também.

Vale a pena investir em ações da Petrobras?

Para entender melhor sobre as vantagens de investir em ações da Petrobras, é preciso estabelecer uma estratégia de ganhos que, por sua vez, leva em consideração fatores como os seus objetivos pessoais, abertura para riscos e prazos que pretendem atingir as metas propostas.

Sendo assim, antes de investir em qualquer ativo da companhia, é fundamental estabelecer um planejamento financeiro para otimizar as chances de construir uma carteira de investimentos bem-sucedida.

Imaginando, por exemplo, que o seu objetivo seja criar um fundo para sua aposentadoria. Nesse caso, o mais recomendado é buscar por ativos de longo prazo. Ademais, é importante também definir a frequência dos aportes bem como qual será o valor inicialmente aplicado.

Em se tratando de uma das maiores empresas da bolsa de valores brasileira, é natural que seja um excelente investimento. Apesar dos momentos de instabilidade financeira, o maior acionista da Petrobras continua sendo o Governo Federal. Portanto, a chance de haver uma declaração de falência é mínima.

Além disso, a capacidade de retorno de investimento dos ativos da companhia não está diretamente associada ao preço do barril de petróleo. Ao contrário do que muitas pessoas imaginam, os principais indicadores que influenciam o preço das ações são, portanto, de caráter político.

Por esse motivo, o futuro da empresa sempre estará atrelado às políticas econômicas do país. Portanto, em fases de crise profunda, como vem atravessando nos últimos anos — pelos escândalos de corrupção e ingerência governamental —, a dívida ativa da companhia tende a aumentar, reduzindo assim o valor das ações e prejudicando principalmente os retornos de curto prazo.

Custos

Além do aporte dos ativos, os interessados em investir em ações da Petrobras devem arcar com despesas relacionadas a taxas diversas, como é o caso da corretagem aplicada por algumas corretoras como contrapartida às negociações de compra e venda e a taxa de custódia, aplicada também pela corretora para manter as ações da B3 em sua carteira.

Incidem ainda sobre aplicações na bolsa de valores o Imposto Sobre Serviços (ISS). Essa taxa corresponde ao valor da corretagem. Por outro lado, a B3 também possui custos que devem ser considerados, como os emolumentos e a liquidação. Nesse caso, é aplicado um pequeno percentual sobre o valor negociado, além de uma taxa de 0,12% sobre os proventos pagos às carteiras de ações superiores a 20 mil reais.

Por fim, aplicações que rendem lucros na bolsa de valores devem aplicar o desconto referente ao Imposto de Renda. A diferença é que, para operações superiores a 24 horas, o IR incidirá apenas nos meses em que as vendas de ações ultrapassarem o limite de 20 mil reais, sendo a alíquota de 15% sobre o lucro real. Dessa forma, operações de day trade, por exemplo, terão uma taxa de 20% sobre todos os meses que gerarem lucros.

Qual melhor opção de ações da Petrobras para começar a investir?

O capital social da Petrobras corresponde a 13 bilhões de ações que podem ser negociadas na bolsa de valores. Destas, 57,1% se tratam de ações ordinárias (ON) e 42,9% estão divididas entre ações preferenciais (PN).

Veja mais detalhes sobre cada uma delas:

PETR4

Negociada na B3 no primeiro semestre de 2019 a R$ 29,29 e a US$ 11,93 na bolsa de Nova York (NYSE), a PETR4 (PN) é uma ação preferencial, ou seja, possui preferência na distribuição de dividendos e outros proventos, como de juros sobre capital (JCP). Contudo, é importante destacar que não houve o pagamento de dividendos ou JCP entre 2013 e 2017.

PETR3

Com uma variação maior na negociação da B3 e NYSE, a PETR3 foi negociada no primeiro semestre de 2019 a R$ 30,23 e US$ 13,19 respectivamente. Entretanto, assim como os papéis da PETR4, não foram distribuídos proventos entre 2013 e 2017, retomando apenas em 2018 e 2019.

Vale lembrar que a PETR3 se trata de uma ação ordinária, ou seja, os investidores desse papel têm direito a voto em assembleias da empresa, porém, em consonância com a quantidade de ações que lhe cabe.

Agora que você já sabe como funciona cada tipo de ação da Petrobrás, qual é o melhor investimento? Para responder a essa pergunta, você deve analisar a liquidez dos títulos. De modo geral, ações preferenciais tendem a apresentar uma maior rentabilidade, afinal, quem possui ações ordinárias não costumam negociá-las.

Em contrapartida, quando se trata de ações de uma empresa consolidada como a Petrobrás, tanto os ativos PETR3 quanto PETR4 podem ser revertidos em dinheiro disponível sem comprometer seu valor original, graças à excelente liquidez para curto prazo, como o day trade. Nesse contexto, as recomendações de compra devem ser baseadas em suas estratégias.

Pronto! Agora você já tem as principais informações sobre investimentos mínimos exigidos para se tornar acionista da Petrobras através do mercado de ações. Sendo assim, você já pode analisar se esse tipo de ativo é interessante ou não para compor a sua carteira de investimentos.

Gostou deste artigo? Se deseja começar a investir profissionalmente, você precisa conhecer os melhores fundos. Por isso, confira nosso curso e aprenda agora mesmo a analisar e identificar os melhores ativos para investimento no mercado.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais