Economia

Os consumidores finais já se beneficiam das reduções do preço da gasolina e do óleo diesel promovidas pela Petrobras nas refinarias nos dias 25 de março e 10 de abril. No entanto,  perspectivas mais otimistas do mercado para a economia americana, que sofreu perdas de cerca de 3% na semana passada, podem provocar novos aumentos de valores dos combustíveis para os motoristas brasileiros.  

Entre os dias 4 e 10 de abril, o diesel registrou queda de 0,3% em relação à semana anterior e atingiu a marca de R$ 4,212/L, de acordo com dados da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP). Na comparação com o período de um mês antes, a redução foi de 1,5%. O preço da gasolina caiu 0,05% entre a semana passada e a anterior e chegou ao valor de R$ 5,448/L. Na comparação mês a mês, o percentual foi de 2,5%. 

Gás de cozinha teve alta de 0,5% no preço ao consumidor na semana passada - Foto (Agência Brasil)

O preço do gás de cozinha, cujos reajustes ocorrem mensalmente, subiu 0,5% na semana passada, após a Petrobras determinar elevação de 5% a partir do dia 2 de abril. O botijão teve aumento de 1% na comparação mensal.   

O botijão de 13Kg foi comercializado ao preço médio de R$ 84,03 na semana passada. Os valores variaram de R$ 115 a R$ 64. Na região Centro-Oeste, o preço medio se manteve em R$ 120./Agência Estado

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Economia
Economia
Economia
Economia
Veja mais Ver mais