Empresa

A Lojas Renner iniciou esta segunda-feira, 19, com dois anúncios importantes: a aprovação de uma oferta restrita de distribuição primária de ações, com esforços restritos de colocação, e a distribuição de dividendos.

Ao todo, segundo fato relevante, inicialmente serão distribuídas 102.000.000 de novas ações, cujo montante poderá receber um acréscimo de 35% de novos papeis - o que representa mais 35.700.000 ações - até a conclusão do procedimento de bookbuilding - processo pelo qual uma empresa avalia como seria a demanda por suas ações.

lojas Renner realiza oferta de ações de R$ 6,4 bi
Lojas Renner faz oferta de ações e pagamento de dividendos - Foto: Divulgação/Renner

Com base no valor atual da ação da companhia – R$ 46,90, na véspera - o montante total da oferta restrita pode variar entre R$4,783 bilhões a R$ 6,458 bilhões, se considerado a adição das novas ações.

Os bancos que coordenam a oferta são o Itaú BBA, BTG Pactual, J.P Morgam e Santander.

Pagamento de R$ 31 bilhões em dividendos

Em paralelo, a Renner anunciou que o conselho de administração a companhia aprovou o pagamento de R$ 31 milhões em dividendos, o que corresponde a R$ 0,03894 por ação.

Isso representa a distribuição de um total de R$ 271,7 milhões aos acionistas, sendo R$ 271,5 milhões em dividendos, o que corresponde a 27,8% do lucro líquido ajustado de 2020 e R$ 191 mil do saldo de dividendos prescritos.

Terão direito aos valores aqueles com posição acionária registrada em 23 de abril. A partir de 26 de abril, as ações serão negociadas como ex-dividendos.

Repercussão aqueceu o setor varejista na Bolsa na véspera

A divulgação da notícia sobre a oferta de ações pela Renner vem após uma sinalização da empresa na última sexta-feira de que iria fazer essa oferta de ações, o que fez com que os papeis da empresa disparassem na B3.

Com rumores de que essa movimentação é um dos passos para a preparação da empresa para fazer aquisições no mercado, os papeis da companhia chegaram a valorizar mais de 13%, totalizando R$ 46,90.

A reboque, outras empresas também registraram alta no pregão, como C&A (CEAB3), com ganhos de 8,23%, Lojas Marisa (AMAR3), cujo salto chegou a ser de 16%.

Imagem do autor

Repórter do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais