Logo Mais Retorno
Economia

IGP-M sobe 0,76% na segunda prévia de novembro, mostra FGV

O resultado mostra aceleração sobre igual leitura de outubro, quando o indicador registrou contração de 0,03%

Data de publicação:18/11/2021 às 12:38 -
Atualizado 6 meses atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

O Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) avançou 0,76% na segunda prévia de novembro, informou nesta quinta-feira a Fundação Getulio Vargas (FGV). O resultado mostra aceleração ante igual leitura de outubro, quando o indicador havia registrado contração de 0,03%.

Foto: arquivo
Segunda prévia do IGP-M de novembro aponta alta de 0,76%, segundo dados da FGV - Foto: Envato

A aceleração do IGP-M foi puxada pelo Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA-M), que passou de deflação de 0,32% na mesma leitura de outubro para alta de 0,77% na divulgação desta quinta-feira.

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-M) também acelerou no período, de 0,33% para 0,60%.

Em contrapartida, a FGV registrou alívio do Índice de Preços ao Consumidor (IPC-M) entre a segunda prévia de outubro e a segunda leitura de novembro, de 0,98% para 0,82%.

Indicador de outubro

No mês passado, o IGP-M subiu 0,64% em outubro, após variação negativa de 0,64% em setembro. Em 12 meses, o índice acumulou alta de 21,73% e no ano, avanço de 16,74%. Em outubro do ano passado, o índice havia subido 3,23% e acumulava alta de 20,93% em 12 meses.

O  Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) subiu 0,53% em outubro, após queda de 1,21% em setembro. Já o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) variou positivamente  1,05% em outubro, ante 1,19% em setembro. O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) avançou 0,80% em outubro, ante 0,56% em setembro. /com Agência Estado

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!