Economia

A produção industrial encolheu em dez dos 15 locais pesquisados na passagem de maio para junho, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira, dia 11.

Produção industrial caiu em 10 dos 15 estados pesquisados pelo IBGE em junho - Foto: Envato

Em São Paulo, maior parque industrial do Brasil, houve uma queda de 0,9%. As demais taxas negativas ocorreram no Paraná (-5,7%), Pará (-5,7), Pernambuco (-2,8%), Mato Grosso (-1,9%), Espírito Santo (-1,6%), Goiás (-1,1%), Rio Grande do Sul (-0,9%), Minas Gerais (-0,6%) e Santa Catarina (-0,3%).

Houve expansão na Bahia (10,5%), Região Nordeste (6,4%), Amazonas (4,4%), Ceará (3,8%) e Rio de Janeiro (2,8%). Na média global, a indústria nacional ficou estagnada (0,0%) em junho ante maio, informou o IBGE.

Varejo: baixa nas vendas

As vendas do comércio varejista caíram 1,7% em junho ante maio, na série com ajuste sazonal, segundo o IBGE. A queda foi maior que o piso das estimativas do mercado financeiro, de -0,9%. A mediana indicava alta de 0,7% e o teto, de 2,0%.

Na comparação com junho de 2020, sem ajuste sazonal, o volume subiu 6,3%. Neste caso, o resultado ficou menor que a mediana das expectativas, que era de 9,0%, com previsões de alta de 3,1% a 13,5%. As vendas do varejo restrito acumularam crescimento de 6,7% no ano e alta de 5,9% em 12 meses.

Quanto ao varejo ampliado, que inclui as atividades de material de construção e de veículos, o montante recuou 2,3% em junho ante maio, na série com ajuste sazonal. A queda foi maior que a mediana das estimativas (-1,6%). O intervalo das projeções ia de -3,5% a 0,9%.

Na comparação com junho de 2020, sem ajuste, as vendas do varejo ampliado tiveram alta de 11,5% em junho. Nesse confronto, as projeções variavam de uma elevação de 9,7% a uma alta de 14,6%, com mediana positiva de 11,8%. As vendas do comércio varejista ampliado acumularam aumentos de 12,3% no ano e de 7,9% em 12 meses.

Média móvel trimestral

O índice de média móvel trimestral das vendas do comércio varejista restrito teve alta de 1,2% em junho. No varejo ampliado, que inclui as atividades de veículos e material de construção, o índice de média móvel trimestral das vendas registrou alta de 1,6% em junho. / com Agência Estado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Veja mais Ver mais