Empresa

O conselho de administração da Grupo Pão de Açúcar (GPA) aprovou a sua 5ª emissão de notas promissórias comerciais para distribuição pública com esforços restritos, no valor de R$ 1 bilhão, emitidas em duas séries - sendo R$ 500 milhões da primeira e R$ 500 milhões da segunda série.

Foto: Andrevruas
Fachada de uma das lojas do grupo Pão de Açúcar - Foto: Andrevruas

O prazo de vencimento da emissão da primeira série, segundo fato relevante divulgado pela empresa, é 30 de julho de 2025. No caso das promissórias da segunda série, o vencimento é 30 de julho de 2026.

Os recursos líquidos captados pela companhia serão destinados para reforço do capital de giro e alongamento do perfil de endividamento.

Crescimento no 1º tri

Com a divulgação de seus resultados do 2º trimestre prevista para este mês, que devem trazer números positivos, o GPA reverteu o prejuízo de R$119 milhões registrado no primeiro trimestre de 2020 e obteve um lucro líquido de R$ 127 milhões na mesma base de comparação de 2021.

receita líquida  no período foi de R$ 12,45 bilhões, aumento de 4,9% ante a mesma base de comparação do ano anterior. A elevação foi puxada pela cisão da companhia com o atacarejo Assaí.

Já o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado da empresa somou R$ 935 milhões, alta de 36% ano a ano, beneficiado por eficiências comerciais e controle das despesas no Brasil.

 A margem Ebitda subiu 1,7 ponto percentual nos meses de janeiro fevereiro e março de 2021, para 7,5%.

As vendas caíram 0,7%, pressionadas por impactos da pandemia nas operações do grupo Êxito na Colômbia e Uruguai. No Brasil, as vendas subiram 1,1% no primeiro trimestre.

Linha de crédito na França

O Grupo Casino, controlador do GPA e do Assaí, anunciou que estendeu o vencimento e melhorou as condições financeiras de sua principal linha de crédito sindicalizado na França.

As alterações, segundo a companhia, preveem a extensão do vencimento de linha de crédito de outubro de 2023 para julho de 2026, no valor de € 1,8 bilhões; revisão das garantias, em linha com a melhoria das condições financeiras do grupo; e a diminuição no custo de utilização dos recursos.

O grupo anunciou ainda a renovação da linha de crédito para sua rede de lojas Monoprix, no valor de € 105 milhões, podendo ser ampliado a € 130 milhões. O vencimento será em janeiro de 2026.

O valor das linhas de crédito do Casino chega agora a € 2,2 bilhões, com vencimento médio de 4,6 anos - mais do que o dobro dos 2,2 anos anteriores a essa repactuação. / com Agência Estado

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais