Logo Mais Retorno
emergentes
Economia

Fluxo cambial total de 3 a 7 de janeiro é negativo em US$ 1,132 bi

Saldo cambial da primeira semana de 2022 ficou negativo, assim como as semanas de dezembro de 2021

Data de publicação:12/01/2022 às 18:04 -
Atualizado 2 anos atrás
Compartilhe:

O fluxo cambial registrado na primeira semana de 2022 (de 3 a 7 de janeiro) para o Brasil ficou negativo em US$ 1,132 bilhão, informou nesta quarta-feira, 12, o Banco Central.

O canal financeiro apresentou saídas líquidas de US$ 987 milhões no período. Isso é resultado de aportes no valor de US$ 9,141 bilhões e de retiradas no total de US$ 10,128 bilhões.

fluxo cambial
Foto: Envato

Fluxo cambial fica negativo na virada de ano

O segmento reúne os investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo da semana foi negativo em US$ 144 milhões, com importações de US$ 3,474 bilhões e exportações de US$ 3,330 bilhões.

Nas exportações, estão incluídos US$ 519 milhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 4

Fluxo cambial em 2021

Segundo o Banco Central, em 2021 o fluxo cambial foi positivo, entradas menos saídas, de US$ 6,134 bilhões. A entrada líquida é resultado do total de entrada de US$ 9,803 bilhões menos o total de saídas, de US$ 3,669 bilhões.

Esse é o primeiro resultado positivo do fluxo cambial desde 2017, quando o País registrou entrada líquida de US$ 625 milhões. Trata-se também do melhor saldo desde 2015, quando o saldo da conta foi positiva em US$ 9,413 bilhões.

Durante todo o ano, apenas dezembro apresentou fluxo cambial negativo, em US$ 9,946 bilhões. O mês geralmente apresenta uma saída mais expressiva pelas multinacionais, que remetem os resultados para suas matrizes no Exterior. Do total de remessas, US$ 9,255 bilhões saíram da conta capital e os US$ 691 milhões, da conta comercial.

Na última semana de 2021, de 27 e 30 de dezembro, o saldo da conta ficou negativo em US$ 2,824 bilhões, sendo US$ 2,073 bilhões pela conta financeira e outros US$ 751 milhões pela conta comercial.

Sobre o autor
Mais Retorno
A Mais Retorno é um portal completo sobre o mercado financeiro, com notícias diárias sobre tudo o que acontece na economia, nos investimentos e no mundo. Além de produzir colunas semanais, termos sobre o mercado e disponibilizar uma ferramenta exclusiva sobre os fundos de investimentos, com mais de 35 mil opções é possível realizar analises detalhadas através de índices, indicadores, rentabilidade histórica, composição do fundo, quantidade de cotistas e muito mais!

® Mais Retorno. Todos os direitos reservados.

O portal maisretorno.com (o "Portal") é de propriedade da MR Educação & Tecnologia Ltda. (CNPJ/MF nº 28.373.825/0001-70) ("Mais Retorno"). As informações disponibilizadas na ferramenta de fundos da Mais Retorno não configuram um relatório de análise ou qualquer tipo de recomendação e foram obtidas a partir de fontes públicas como a CVM. Rentabilidade passada não representa garantia de resultados futuros e apesar do cuidado na coleta e manuseio das informações, elas não foram conferidas individualmente. As informações são enviadas pelos próprios gestores aos órgãos reguladores e podem haver divergências pontuais e atraso em determinadas atualizações. Alguns cálculos e bases de dados podem não ser perfeitamente aplicáveis a cenários reais, seja por simplificações, arredondamentos ou aproximações, seja por não aplicação de todas as variáveis envolvidas no investimento real como todos os custos, timming e disponibilidade do investimento em diferentes janelas temporais. A Mais Retorno, seus sócios, administradores, representantes legais e funcionários não garantem sua exatidão, atualização, precisão, adequação, integridade ou veracidade, tampouco se responsabilizam pela publicação acidental de dados incorretos.
É proibida a reprodução total ou parcial de textos, fotos, ilustrações ou qualquer outro conteúdo deste site por qualquer meio sem a prévia autorização de seu autor/criador ou do administrador, conforme LEI Nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998.
® Mais Retorno / Todos os direitos reservados