Mercado Financeiro

O Facebook teve lucro líquido de US$ 9,5 bilhões no primeiro trimestre de 2021, valor que representa crescimento de 94% em relação ao mesmo período do ano passado, de acordo com dados divulgados em seu balanço nesta quarta-feira, 28. A receita total, composta principalmente por venda de anúncios, atingiu US$ 26,17 bilhões, 48% superior à registrada entre janeiro e março de 2020. 

O Facebook teve receita de US$ 26,17 no primeiro trimestre de 2021

Impulsionados pelo aumento da demanda por publicidade online em meio ao isolamento social, os bons resultados alavancaram os papéis da companhia, que, às 18h30 (horário de Brasília), acumulavam alta de 5,76% na bolsa de Nova York. O lucro por ação diluído nos três primeiros meses deste ano foi de US$ 3,30, crescimento anual de 93%. 

Segundo a companhia, o número médio de usuários diários ativos entre janeiro e março de 2021 é de 1,88 bilhão, 8% a mais do que o mesmo período do ano passado. 

O Facebook projeta manutenção dos níveis de receita para o próximo trimestre, com possibilidade de leve crescimento, mas alerta para perspectiva de queda acentuada das taxas de expansão na segunda metade do ano. A empresa teme que alterações em softwares de celulares possam prejudicá-la.  

Uma nova versão do sistema operacional da Apple, o iOS 14.5, não permitirá que aplicativos rastreiem dados de usuários sem permissão expressa. Assim, os donos de iPhones têm maior autonomia sobre o volume de informações que disponibilizam às empresas desenvolvedoras dos apps pelos quais navegam. 

Imagem do autor

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Economia
Mercado Financeiro
Mercado Financeiro
Mercado Financeiro
Veja mais Ver mais