Mercado Financeiro

A receita da Apple no primeiro trimestre de 2021 foi de US$ 89,58 bilhões, resultado recorde que representa crescimento de 54% em relação ao mesmo período do ano passado. Com lucro líquido de US$ 23,6 bilhões, 110% superior ao registrado nos três primeiros meses de 2020, a companhia apresentou números acima do que o mercado esperava.

O lucro por ação da Apple no primeiro trimestre de 2021 foi de US$ 1,40, crescimento de 110% na comparação com o mesmo período de 2020

As receitas obtidas por meio da venda dos celulares iPhone, principal produto da empresa, estiveram US$ 6,5 bilhões acima das previsões. O produto se destacou principalmente na China, onde suas vendas dobraram.

Os computadores Mac também surpreenderam, com resultado um terço acima do esperado. O diretor financeiro da Apple, Luca Maestri, ressaltou a geração de fluxo de caixa operacional de US$ 24 bilhões e o pagamento de US$ 23 bilhões em dividendos aos acionistas durante o trimestre. O lucro por ação no período foi de US$ 1,40, crescimento de 110% na comparação com o período de janeiro a março de 2020. 

"Estamos confiantes em nosso futuro e continuamos a fazer investimentos significativos para apoiar nossos planos de longo prazo e enriquecer a vida de nossos clientes." 

Os bons resultados da companhia ocorrem em meio à crise no fornecimento de semicondutores, que afetou indústrias no mundo todo, inclusive a automobilística. O anúncio do programa de recompra de US$ 90 bilhões em ações pela Apple levou à valorização de 3% dos papéis da empresa no pregão estendido.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais