Logo Mais Retorno
Fundos de Investimentos

Só 5 fundos de ações tiveram retorno positivo em 12 meses, sustentados pelas Big Techs; confira quais são

Valorização das gigantes americanas de tecnologia influenciou resultado dos fundos

Data de publicação:14/06/2022 às 00:30 -
Atualizado 15 dias atrás
Compartilhe:
  • Facebook
  • Linkedin
  • Twitter Mais Retorno
  • Telegram Mais Retorno
  • WhatsApp Mais Retorno
  • Email Mais Retorno

Apenas 5 fundos de ações conseguiram em período de 12 meses, até maio, superar o Ibovespa e apresentar valorização positiva de suas cotas. A grande maioria (88), está com resultado negativo para o período.

A sustentação veio principalmente da exposição que esses fundos têm ao S&P 500. Índice das bolsas americana influenciado fortemente pelo comportamento das Big Techs. Desses 5 fundos, três deles estão diretamente vinculados ao índice e os outros dois também apresentam alocação de investimentos no exterior.

De junho de 2021 a maio de 2022, o Ibovespa caiu 11,32%, mas no mesmo período, nessa lista seleta de fundos de ações que se mantiveram no azul está o Absolute Pace Long Biased FIC FIA Ágora com valorização de 12,52%.

FundoRend. 12 mesesPatrimônio
em R$ milhões
Nº cotistas
Absolute Pace Long Biased Ágora12,52% 17,557 212
Trígono Power & Yeld 30 5,96% 31,2271.378
Warren USA 5,69% 43,27723.432
Trend Bolsa Americana 4,39% 286,02727.556
Itaú Index Ações Estr. S&P 500 3,65% 455,32113.745
Fonte: Banco de Dados da Mais Retorno

No estudo realizado pela Mais Retorno, foram considerados 93 fundos de ações, os que contam com pelo menos um ano de operação, abertos ao público em geral, com patrimônio mínimo de R$ 17 milhões. Foram excluídos também os fundos de ações monoação.

Condições do Absolute Ágora, o mais rentável

O Absolute, sob gestão da Absolute Investimentos, é o mais rentável e tem uma parcela dos recursos aplicada no exterior. Nesse ranking ele tem o menor patrimônio e menor número de cotistas. O fundo aceita aplicação mínima inicial de R$ 5 mil, taxa de administração de 2% ao ano, o resgate é feito em 30 dias corridos após a solicitação.

Sua carteira é formada por 99,66% de cotas de outros fundos, é um FOF. Desse total, 98,26% estão no fundo Absolute Pace Long Biased FIC FIA, que, por sua vez, tem 98,68% do patrimônio aplicados em fundo matriz, o Absolute Pace Long Biased Máster FIA.

É, portanto, a rentabilidade da carteira do Máster que vai replicada para o Absolute Ágora. No portfólio divulgado em janeiro deste ano, 45% do fundo matriz estão nas seguintes ações negociadas na B3: Petrobras (PETR3), 6,32%; Itaúsa (ITSA4), 2,57%; Grupo Notre Dame (GNDI3) 2,43%; Banco do Brasil (BBAS3), 1,68%; Petrorecôncavo (RECV3), 1,64%. Além de 26% em obrigações por ações e 8,85% em empréstimo em ações e títulos. O fundo Máster conta também com uma parcela considerável em aplicações no exterior, 4,99%

O Absolute Ágora tem ainda uma fatia de 1,41%, que está no fundo BRAM Fundo de Investimento Renda Fixa Referenciado DI Federal II.

Em perído mais longo, desde o seu início, de maio de 2020 a junho de 2022, o Absolute tem um retorno de 74,11%, que corresponde ao dobro do Ibovespa de 35,45% no mesmo período.

Absolute
Fonte: Comparador de Ativos da Mais Retorno

O Trígono Power & Yeld30

O fundo tem a gestão da Trígono Capital, com aplicação mínima inicial de R$ 50. Cobra taxa de administração de 2% a 2,75%. A cotização do resgate é feita em 30 dias úteis após a solicitação e a liquidação financeira dois dias úteis depois.

É também um fundo formado por cotas de outro fundo. Tem 99,26% do seu patrimônio no Trígono Power & Yeld Fundo de Investimentos em Ações. Pela carteira divulgada em janeiro deste ano, esse fundo matriz estava com 64% do patrimônio nas seguintes ações: Cia de Ferro Ligas (FESA4), 18,93%; São Martinho (SMTO3), 13,86%: Centrais Elétricas de Santa Catarina (CLSC4), 11,34%; CTEEP Cia de Transmissão de Energia Elétrica Paulista (TRPL4) 10,03%; Unipar Participações (UNIP6) 9,74%.

O fundo máster tem ainda 2,84% aplicados em BDRs (Brazilia, Depositary Receipt).

Em prazo um pouco mais longo, de 05 de fevereiro de 2021 a 9 de junho de 2022, o Trígono Power & Yeld 30 com valorização de 27,84% supera o Ibovespa (-10,93) com larga margem de vantagem (+27,84%).

Fundos de ações

Warren USA

De acordo com Eduardo Grübler, gestor de renda variável do Warren Asset, o fundo tem o objetivo de replicar o S&P 500, sem o efeito cambial. Um índice composto por 500 ações das maiores companhias do mundo, listadas nas Bolsas de Nova York (NYSE) e na Nasdaq.

Entre as maiores estão papeis de empresas de tecnologia, as Big Techs, como Apple, MIcrosoft, Amazon, Alphabet (dona do Google), Meta (Facebook), Berkshire Hathaway Inc.

"A diferença entre o Warren USA e o índice americano acontece na maior parte pelo diferencial de juros entre os dois países, uma exposição em razão de nossa alocação de derivativos, e uma pequena contribuição de estratégias táticas de rebalanceamento", explica Grübler.

Pela carteira divulgada em janeiro, 57,29% estão atrelados ao S&P 500, e 29,92% estão alocados em títulos públicos.

Em período de quatro anos, de maio de 2018 a maios deste ano, o Warren USA não só superou o Ibovespa como o próprio índice de referência, o S&P 500 com larga margem de vantagem..

fundos de ações

Trend Bolsa Americana

O fundo de ações aceita aplicação mínima inicial a partir de R$ 100, cobra uma taxa de administração entre 0,50% e 0,70% ao ano. A cotização do resgate é feita no mesmo dia da solicitação e a liquidação financeira é feita depois de dois dias corridos.

A carteira divulgada do Trend Bolsa Americana em janeiro deste ano mostrava que 63,93% estavam em cotas de fundos, o Ishares S&P 500, 16,80% em Títulos Públicos, e 14,75% em ETF, no IVVB11, também atrelado ao S&P 500.

De setembro de 2018, mês de seu início, a maio deste ano o Trend Bolsa Americana supera em alguns pontos porcentuais o S&P 500 e com alguma folga o Ibovespa.

fundos de ações

Itaú Index Ações S&P 500

O aporte mínimo inicial exigido é simbólico, de R$ 1, a taxa de administração é de 0,80% ao ano. A cotização do resgate acontece no primeiro dia útil seguinte à solicitação, e a liquidação financeira em três dias úteis ao pedido.

Em janeiro deste ano, a carteira do Itaú Index Ações S&P 500 divulgada indicava uma alocação de 51,84%% no IT NOW PIBB IBRX-50 - Fundo de Índice e 16,47% no IT NOW S&P 500 TRN Fundo de Índice, e 1,59% no S&P - FUT ISP.

O Itaú Index Ações, lançado em agosto de 2013 supera com boa vantagem o Ibovespa e também o S&P 500.

fundos de ações

Sobre o autor
Regina Pitoscia
Editora do Portal Mais Retorno.