Economia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) validou, nesta terça-feira, 20, a State Grid como vencedora do leilão de transmissão realizado em dezembro de 2020. O órgão convocou a companhia chinesa  depois de desclassificar a Agronegócio Alta Luz Brasil, que havia arrematado o certame com lance de  R$ 21,3 milhões anuais para exploração do ativo, deságio de 61,8% sobre o valor fixado pela entidade reguladora, de R$ 55,9 milhões por ano.

No entanto, a empresa apresentou  problemas de documentação e qualificação econômico-financeira. A disputa teve participação de outras 15 empresas que se interessaram pelo lote, composto por três linhas de transmissão e uma subestação em 500 kV, em Goiás. A Aneel convocou a State Grid, segunda colocada na concorrência, conforme determinam as regras do edital. 

Ao todo a Aneel licitou 11 empreendimentos

Não houve recursos contra a decisão de acordo com voto do relator do processo, diretor Efrain da Cruz. Os resultados referentes aos demais lotes já haviam sido homologados pela agência reguladora, que licitou, ao todo, 11 empreendimentos. Juntos, correspondem a 1.959 km de linhas de transmissão, com investimentos estimados em R$ 7,3 bilhões e expectativa de criação de 14,9 mil empregos diretos.

O resultado dos demais lotes já havia sido homologado pela agência reguladora. O leilão licitou 11 empreendimentos, que correspondem a 1.959 km de linhas de transmissão, com investimentos estimados em R$ 7,3 bilhões e expectativa de criação de 14,9 mil empregos diretos.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Veja mais Ver mais