Empresa

Após a Ultrapar apresentar prejuízo de R$ 18 milhões no segundo trimestre, revertendo lucro líquido de R$ 50 milhões no mesmo período de 2020, os papéis da companhia despencaram na Bolsa. Às 11h37, as ações caíam 12,70% e estavam sendo comercializadas a R$ 15,13.

Foto: Reprodução
Ações da Utrapar despencam após companhia informar prejuízo de R$ 18 milhões no segundo trimestre - Foto: Reprodução

Quando desconsidera a baixa contábil da Extrafarma de R$ 395 milhões, o indicador aponta lucro de R$ 290 milhões. No primeiro semestre, a empresa somou lucro líquido de R$ 119,2 milhões, 45,5% menor na comparação anual.

A companhia somou Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) de R$ 375,1 milhões entre abril e junho, queda de 24,98% na comparação anual.

No critério ajustado, Ebitda foi de R$ 503 milhões, recuo de 17%. No semestre, o Ebitda somou R$ 1,279 bilhão, em linha com o resultado do ano passado.

A receita líquida totalizou R$ 28,526 bilhões, 80% maior à do mesmo intervalo do ano anterior. Segundo a empresa, houve maior faturamento em todos os negócios, principalmente na Ipiranga. Em relação ao primeiro trimestre de 2020, o indicador teve aumento de 19%.

No acumulado do ano, a receita líquida totalizou R$ 52,476 bilhões, recuo de 41% ante o primeiro semestre de 2020.

Dívida financeira

A dívida financeira líquida encerrou o trimestre em R$ 9,1 bilhões, composta de endividamento bruto de R$ 16,1 bilhões e posição de caixa de R$ 7,0 bilhões.

Considerando os arrendamentos a pagar (IFRS 16) de R$ 1,8 bilhão, a dívida líquida total foi de R$ 10,9 bilhões, com alavancagem de 2,8x o Ebitda ajustado LTM, ante R$ 11,9 bilhões no primeiro trimestre deste ano (3,3x).

Pagamento de dividendos

No mesmo dia em que divulgou seu balanço trimestral, a Ultrapar comunicou aos acionistas a aprovação do pagamento de  R$ 218,0 milhões em dividendos, o que corresponde a R$ 0,20 por ação ordinária.

A data base para o direito ao recebimento do dividendo, segundo a companhia, será 19 de agosto no Brasil e 23 de agosto nos Estados Unidos. Desta forma, as ações passarão a ser negociadas como ex-dividendos a partir de 20 de agosto. / com Agência Estado

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Visualizar Comentários

Veja mais Ver mais