Empresa

A indústria JBS anunciou nesta quinta-feira, 15, que investirá R$ 1,7 bilhão em sete fábricas no Rio Grande do Sul. A notícia movimentou a valorização dos papéis da companhia na B3, que estão operando com ganhos de mais de 2% ao longo do dia.

Segundo a empresa, os investimentos serão realizados no triênio 2021-2023 e incluem expansão e melhorias em suas unidades em sete cidades gaúchas, para atender as demandas dos mercados interno e externo, tanto para produção de proteína in natura quanto de alimentos preparados.

Plantas da JBS no RS devem receber R$ 1,7 bi até 2023 - Foto: JBS/Divulgação

As plantas que receberão os investimentos serão dos municipios Bom Retiro do Sul, Caxias do Sul, Nova Bassano, Passo Fundo, Santa Cruz do Sul, Seberi e Trindade do Sul.

Geração de empregos e movimentação da economia local

Com esse investimento, de acordo com a JBS, até 2023 a companhia deve gerar 2,7 mil novos postos de trabalho no Rio Grande do Sul, onde já possui 18 mil colaboradores que atuam em unidades produtivas e granjas em 25 cidades. Somente em 2020, a empresa contratou 1,7 mil pessoas na região.

No estado, as operações da JBS ainda contam com uma rede de 2,8 mil produtores integrados, que fornecem matéria-prima para a empresa e movimentam economicamente as regiões do entorno de suas fábricas.

No ano passado, a JBS investiu mais de R$ 270 milhões no Rio Grande do Sul e o planejamento para o triênio até 2023 indica que a região seguirá determinante para a produção global de alimentos.

“Como umas das maiores empresas globais do setor, os investimentos da JBS comprovam o papel fundamental do Rio Grande do Sul como polo de produção de alimentos que chegam a diferentes partes do mundo”, afirma o presidente da JBS América do Sul e da Seara, Wesley Filho.

Compromisso social

O Rio Grande do Sul tem recebido investimentos da JBS também no âmbito social. Desde o início da pandemia, no ano passado, a empresa doou R$ 24 milhões para o Rio Grande do Sul, com uma estimativa de beneficiar mais de 3 milhões de pessoas. 

As doações integram o programa de responsabilidade social da empresa, “Fazer o Bem Faz Bem – Alimentando o Mundo com Solidariedade”, e contemplaram a entrega de itens e equipamentos fundamentais para o sistema público de saúde, em diferentes regiões do estado, e para os profissionais que atuam na linha de frente de combate à Covid-19.

Imagem do autor

Repórter do Portal Mais Retorno.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Empresa
Empresa
Empresa
Empresa
Veja mais Ver mais