Open Nav Logo Mais Retorno

Spread

Avalie este post

O que é Spread?

Spread é o termo, em inglês, que define a margem bruta de lucro das transações. Ou seja, spread nada mais é do que a diferença entre o preço de compra e o preço de compra de uma ação, título ou operação pecuniária.

Em investimentos feitos através de uma corretora, por exemplo, o investidor arca com o desconto realizado por ela na taxa de rentabilidade.

Muitas vezes, como ele é feito direto na fonte (ou seja, antes que a rentabilidade do título seja efetivamente divulgada ao cliente), esse tipo de spread nem é notado.

Ou você nunca se perguntou o porquê de um mesmo título ter valores diferentes no mercado, ainda que pertencente a uma única emissora?

A explicação, nesses casos, é que o spread varia de corretora para corretora! O seu valor, portanto, depende do percentual retirado por ela da rentabilidade original.

Em geral, o spread é calculado como a margem entre a rentabilidade bruta e a rentabilidade líquida do título.

Como funciona o spread no mercado de ações?

No mercado de ações, especificamente, o spread bid-ask determina a diferença entre a melhor oferta de venda e a melhor oferta de compra de um ativo. Como ferramenta, auxilia o operador ao indicar o valor de custo para a entrada e saída de uma operação, em trades rápidos como o Day Trade.

Quanto maior a liquidez e o número de traders operando, menor é o spread.

Por outro lado, quanto maior a volatilidade do ativo, maior o spread se torna.

Como funciona o spread nos bancos?

Sob o ponto de vista bancário, o spread representa a diferença entre o preço pago pela instituição para captar dinheiro e o preço pelo qual ele o empresta.

Por exemplo, se um banco obtém 5.000,00 em investimento, a uma taxa de 5% ao mês, deve emprestar esse mesmo valor para os seus clientes com uma taxa de juros ainda maior.

Somente assim ele poderá pagar o investidor, arcar com os custos de operação e ter lucro na atividade empresarial.

No caso do spread bancário, o cálculo feito é a partir da subtração do valor da taxa de juros pelo pago na captação de recursos. Tomando como exemplo os Certificados de Depósitos Bancários, é o seguinte:

Taxa ativa de juros - Taxa dos Certificados de Depósitos Bancários (CDB) = Spread

Para ler mais a respeito do spread bancário, clique aqui e encontre informações completas sobre o assunto.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Avalie este post
Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão