Última modificação em 15 de dezembro de 2020

O que é overhead?

O termo overhead  se refere às despesas contínuas que não estão ligadas diretamente à criação de um produto ou serviço. 

É importante para fins de orçamento, mas também para determinar quanto uma empresa deve cobrar por seus produtos ou serviços para obter lucro. 

Despesas gerais são quaisquer despesas incorridas para apoiar o negócio, embora não estejam diretamente relacionadas a atividade-fim da empresa. Para entender esse conceito é preciso saber distinguir os custos diretos dos indiretos.

Custos diretos x custos indiretos

Custos diretos são aqueles ligados diretamente as atividades-fim da empresa, ou seja, a linha de produção ou ao setor de vendas. Como exemplo podemos citar os gastos com matérias-primas, pagamento dos fornecedores e com a mão-de-obra.

Já os custos indiretos são os gastos que não ligados diretamente a linha de produção ou a prestação de serviços. Como exemplo, podemos citar as atividade de manutenção da empresa, os serviços de vigilância, as atividades administrativas e os gastos com aluguel ou seguros. 

O overhead corresponde aos custos indiretos, que embora não possam ser diretamente atribuídos a produção ou a prestação de serviços, fazem parte do balanço contábil da empresa. 

Tipos de overhead

Os diferentes tipos de overhead podem ser assim classificados:

Overhead fixo

São classificados como overhead fixo os custos indiretos que não variam de acordo com a demanda da produção ou com o volume das vendas. Nesse caso, o valor permanece estável mesmo quando as vendas crescem ou diminuem em determinados períodos do ano.

Como exemplo podemos citar o valor do aluguel da sede da empresa ou do galpão onde funciona a fábrica, o salário pago aos funcionários do setor administrativo e alguns impostos, como o IPTU. 

Overhead variável

Varia conforme a produção e as vendas aumentam ou diminuem. Como exemplo podemos citar a depreciação de máquinas e equipamentos que embora seja acelerada pelo aumento da produção não está diretamente ligada à atividade-fim da empresa.

Overhead semivariável

O overhead semivariável é composto por uma parte que varia conforme o crescimento das atividades da empresa e por uma parte que fixa.

Um bom exemplo é a conta de energia elétrica cujo valor pago pode variar entre o valor mínimo e valores altos. O mesmo pode ocorrer com a conta de água, de gás ou de internet.

Qual a importância do overhead para o investidor?

O overhead de uma empresa permite avaliar a solidez do negócio - os custos indiretos devem ser analisados para determinar os preços de produtos ou serviços já que é preciso estabelecer o mínimo necessário para cobrir as despesas operacionais e garantir que a empresa opere com lucro.

Para isso, a empresa pode utilizar o chamado multiplicador Markup que ajuda a estabelecer um preço de venda que garanta uma margem de lucro ao analisar o custo total dos produtos e serviços. A ferramenta estabelece ainda um “rateio” dos custos não ligados a produção para compor o preço final dos itens comercializados.

Assim, o overhead permite verificar se a empresa conseguirá se manter saudável e lucrativa, de modo a garantir o interesse dos acionistas e investidores. 

Como analisar o overhead?

No relatório contábil da empresa o investidor consegue verificar os custos diretos e indiretos, assim como o resultado líquido e bruto do período. Essa análise permite estabelecer o preço de venda de modo que a empresa opere com lucro. 

Vale observar que as empresas precisam reduzir custos para aumentar sua margem de lucro. Assim, é preciso considerar os custos atrelados a todos os setores da empresa e avaliar a viabilidade econômica da empresa antes de investir nas suas ações.

Termo do dia

Locador

Entenda quem é o locador em um contrato e quais seus direitos e deveres