Open Nav Logo Mais Retorno

Mercado de Crédito

O que é mercado de crédito?

O mercado de crédito é parte integrante do Sistema Financeiro Nacional, composto ainda pelos mercados de câmbio (moeda), capitais (valores mobiliários) e monetário (títulos públicos).

Sua importância é dada pelo seu estreito vínculo com o crescimento econômico. Quanto mais desenvolvido, melhor a alocação de recursos na economia. Organizado pelos bancos, tem por finalidade unir, via intermediação financeira:

  • Poupadores: indivíduos que guardam recursos para se resguardarem de imprevistos e formarem patrimônio;
  • Tomadores: empresas e governos com projetos que trazem produtividade e desenvolvimento.

Como direcionadores do crédito dentro da economia, essas instituições financeiras concedem e monitoram as suas operações de crédito, visto que assumem o risco quando emprestam.


Por que o mercado de crédito é tão caro no Brasil?

Entre os principais produtos do mercado de crédito temos:

  • Crédito direcionado: operações do BNDES, crédito rural e financiamento imobiliário;
  • Crédito livre: cheque especial, crédito consignado, crédito pessoal, rotativo de cartão de crédito, capital de giro (empresas), entre outros.

O “preço” do dinheiro, para cada um deles, é definido em função da taxa de juros.

Por mais que se culpe a concentração bancária, alguns fatores ajudam a explicar por que tomar crédito é tão caro no país:

  • Informações limitadas sobre o tomador: impacta na avaliação de risco do cliente;
  • Custos regulatórios: conjunto de normas que os agentes financeiros precisam atender;
  • Crédito direcionado: sendo obrigatório, gera ineficiência na economia;
  • Insegurança na execução de garantias: o poder judiciário é pouco previsível nas suas decisões, dificultando as chances de um contrato bancário ser honrado pelo cliente;
  • Intervenção governamental: o uso dos bancos públicos para operações de crédito mais baratas aumenta a necessidade de financiamento por parte do governo.

Como resultado, o mercado de crédito não ultrapassa 62% do PIB brasileiro, conforme dados do Banco Mundial.  A título de comparação, esse percentual sobe 192% do PIB no caso dos EUA.

Qual a relação entre mercado de crédito e mercado de capitais?

No mercado de crédito, as instituições bancárias são as responsáveis pelo mapeamento dos riscos e pela concessão de financiamentos.

No mercado de capitais, por sua vez, são os bancos de investimento, as corretoras e a bolsa de valores que viabilizam a ponte entre os investidores, que avaliam os riscos por conta própria, e as empresas e governos.

Ambos são impactados quando o ambiente econômico apresenta restrições ao crédito, seja por meio de uma legislação inadequada ou de custos regulatórios excessivos.  Como consequência, o custo de crédito é maior e mais concentrado no setor bancário.

O que define o spread no mercado de crédito?

O custo de captação de um banco representa aproximadamente 39% do custo de crédito.

A diferença entre o quanto ele paga ao poupador e o quanto ele cobra do tomador é conhecido como spread, calculado a partir dos seguintes componentes:

  • Inadimplência (23%): inclui os custos de cobrança e recuperação do crédito;
  • Estrutura administrativa (15%);
  • Impostos e encargos (14%): IOF, PIS, Cofins, CSLL e Imposto de Renda, além do Fundo Garantidor de Créditos (FGC);
  • Margem de lucro (9%).

Qual a importância do cadastro positivo para o mercado de crédito?

Percebe-se que, depois do custo de captação, a inadimplência é o maior custo do mercado de crédito.  Até o surgimento do cadastro positivo, os bancos só tinham informações a respeito de agentes que já se encontravam inadimplentes.

Ao se incluir as informações de bons pagadores, os bancos podem precificar melhor o risco do cliente, deixando de lado a métrica do risco médio da carteira de crédito.

Isso elimina um problema que os bancos sempre enfrentaram, chamado de “seleção adversa”.  Quando a taxa de juros média é muito alta, ela afasta os bons clientes ao mesmo tempo em que subsidia e atrai, com taxas menores, os clientes com maior risco de inadimplência.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão