Quem foi Irving Kahn?

Também conhecido como “domador de crises”, Irving Kahn foi um grande estrategista e um dos investidores mais bem-sucedidos na história do mercado financeiro.

Nascido na cidade de Nova Iorque, em 1905, Kahn viveu ali durante toda sua vida, junto com seus pais e 3 irmãos: Helen Reichert, Peter Keane e Lee.

Após concluir os estudos no DeWitt Clinton High School, matriculou-se no The City College of Nova York – instituição administradora de escolas e divisões, onde se interessava mais pela divisão de humanidades e artes. 

Somente em 1928, após ser admitido por uma renomada empresa localizada na famosa Wall Street – Hammerschlag, Borg & Co, Irving passou a se interessar pelo mercado financeiro. Dali em diante, atuou como investidor até o ano de sua morte.

Irving Kahn faleceu em 2015, pouco antes de completar 110 anos de idade. Sim, ele foi o investidor ativo com a maior idade já registrada na história! Curiosamente, Kahn e seus irmãos formavam o quarteto de familiares mais antigo do mundo: Helen faleceu com 109 anos, Peter faleceu aos 103 anos, e Lee viveu até os 101 anos.


Como Irving Kahn ganhou notoriedade no mercado financeiro?

Não foi à toa que Irving Kahn se tornou o investidor mais bem-sucedido do mercado financeiro.

Sua primeira negociação, em 1929, foi durante o período conhecido como Grande Depressão. Kahn apostou que os preços das ações cairiam e decidiu vender os títulos que possuía na mineradora Magma Copper.  

Dito e feito: o mercado despencou e diferente de todos os outros investidores, Irving conseguiu dobrar seu capital em menos de quatro meses após o acontecido.

Além deste período, ele também ficou conhecido por negociar durante a Segunda Guerra Mundial, Guerra Fria, estouro da Bolha Imobiliária em 2008, dentre outras crises econômicas que os Estados Unidos enfrentara. 

Além de um grande especulador, Kahn também foi discípulo de Benjamin Graham  – pai do Value Investing!

Irving possuía o desejo de aprimorar sua capacidade analítica, então, matriculou-se na Universidade de Columbia, a fim de realizar o curso Security Analysis. Na época, este curso era ministrado por ninguém mais, ninguém menos, do que o próprio Benjamin Graham.

A partir de 1931, observando o excelente desempenho de Irving durante suas aulas, Graham o convidou para ser seu assistente. 

Já podemos imaginar: alguém que possua a oportunidade de conviver e aprender sobre o mercado financeiro diretamente com o grande nome do Value Investing certamente será um homem com perfil paciente e estrategista.

Afinal, o método Value Investing representa uma estratégia de compra de ações subvalorizadas pelo mercado, ou seja, ações com preços abaixo do que realmente valem.

Claro que, isso acontece apenas quando se nota verdadeira potencialidade das empresas em questão, justamente porque o principal objetivo desse método é a valorização de tais ações a longo prazo.

Irving Kahn soube administrar essa estratégia muito bem durante os negócios. Em entrevista ao Albert Einstein College of Medicine, no auge de seus 104 anos, disse:

“Estou no palco da vida, e nele eu sinto muito prazer ao encontrar uma ação realmente barata”.

Costumava ainda, comparar sua carteira de ações com uma plantação de hortifrútis. 

Kahn dizia que não era sensato esperar pela colheita de diferentes espécies todo ano, mas sim, que há necessidade de esperar – cerca de 5 anos ou mais – para o amadurecimento dos investimentos. 

Em 1978, Irving fundou a corretora Kahn Brothers Group, Inc., em conjunto com dois de seus filhos – Thomas e Alan. Sua empresa era especializada em prestar consultoria para outras companhias, que desejavam ter seus relatórios de investimentos analisados. 

Termo do dia

Dólar Turismo

O que é o dólar turismo? O dólar turismo é o tipo de cotação utilizado para as transações internacionais realizadas por turistas, desde a emissão de…

Veja outros termos