Open Nav Logo Mais Retorno

IDH – Índice de Desenvolvimento Humano

O que é o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)?

O Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) é uma das principais formas de se avaliar o desenvolvimento de uma nação, pois se utiliza da avaliação de fatores econômicos e sociais para a determinação da qualidade de vida dos seus cidadãos em particular e de toda a sociedade. O IDH é atualizado anualmente, através de um estudo realizado pelo Organização das Nações Unidas (a ONU) em mais de 180 países.

O Relatório de Desenvolvimento Humano (que reúne os dados e as conclusões relativas a esse estudo) tem como parâmetros gerais três indicadores: A educação, a renda e a saúde. E é justamente essa diversidade de referências, que não considera apenas a faceta econômica, que concede ao IDH o título de um dos índices de progresso público do mundo.

Segundo o último relatório, referente ao ano de 2008, coloca o Brasil como o 79° país mais bem colocado no ranking que, relembramos, é composto por 180 países.


Como funciona o processo de composição do Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)?

O diferimento do IDH passa o levantamento de pontos considerados críticos em cada um dos três indicadores.

Na educação, se é analisada a quantidade média de anos de estudo da população - prejudicada conforme itens como a evasão escolar e a taxa de repetência crescem.

Já na renda, o valor médio que cada cidadão recebe ao longo do ano é o fator central. Isso porque, quanto menor é a renda e maiores são as taxas de impeditivos (como o desemprego, por exemplo), menores são as chances de arcar com as próprias despesas de subsistência e promover a progressão social.

Na saúde, por fim, a expectativa de vida é uma medida importante, visto que quanto mais saudável está a população, mais anos ela vive (inclusive através do apoio do Estado, com sistemas de saúde eficientes) aumentando, inclusive, o período ativo economicamente, o que certamente contribui para o fortalecimento do fator anterior.

Para cada um desses pontos se é atribuída uma nota, que é posteriormente transformada em nota geral do país em questão. Variando entre 0 e 1, as nações mais próximas de 0 são consideradas menos desenvolvidas em comparação aquelas próximas de 1 - embora nenhuma delas esteja atualmente posicionadas em qualquer um desses extremos.

Para que serve o Índice de Desenvolvimento Humano (IDH)?

A criação do IDH é, de certo modo, recente: aconteceu há cerca de 3 décadas, ainda no ano de 1990. Até aquele momento a comparação entre os países era feita considerando fatores exclusivamente ligados à economia e através do PIB.

Ainda que a riqueza seja um elemento relevante até mesmo nas medições atuais (vide fator “renda”), o que se buscava na época é um melhor dimensionamento ao desenvolvimento dos países. Afinal, pense conosco: países mais ricos não necessariamente são capazes de transformar riqueza em evolução social, certo? A razão disso é que a distribuição de renda nem sempre é igualitária.

Ao considerar outras condições, o IDH se mostra mais eficiente no entendimento do quanto as nações conseguem alinhar a qualidade de vida da população à sua propriedade econômica geral.

Avalie esse texto e nos ajude a melhorar cada vez mais.

Nos ajude a melhorar o conteúdo desse texto! Envie um complemento ou correção por aqui para deixar esse conteúdo ainda melhor. Seu nome pode ser citado como revisor desse conteúdo com a sua permissão! ;)

Envie sua sugestão